Time

Após estreia, Jáderson e Khellven miram sequência no Furacão

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

O dia 13 de fevereiro de 2019 ficará marcado para dois jovens talentos do Athletico Paranaense. Jáderson Flores dos Reis e Khellven Douglas Silva Oliveira estrearam no time principal do Furacão. O Rubro-Negro venceu o amistoso contra o General Díaz por 2 a 1.

Ambos entraram aos 15 minutos do segundo tempo. Khellven ocupou a vaga de Madson, enquanto Jáderson substituiu o atacante Marco Ruben.

“Foi uma felicidade muito grande”, comemorou Khellven. “Foi uma excelente estreia. Tenho trabalhado para isso e estou muito feliz”, acrescentou Jáderson.

 

Não é de hoje que a dupla se destaca vestindo a camisa do Rubro-Negro. Com 18 anos, Jáderson está no Furacão desde maio de 2017, quando integrou o elenco Sub-17. Antes de chegar ao Clube, defendeu o Cruzeiro (RS). Neste ano, disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

“Fiz uma boa Copinha e tive essa oportunidade de treinar e jogar com o time principal. Espero manter o que tenho feito”, disse.

Já o lateral Khellven, de apenas 17 anos, chegou ao CAT Alfredo Gottardi em agosto de 2018, vindo do Guarani de Palhoça (SC). Logo que chegou, serviu o Sub-17 e o Sub-19. Neste ano, também disputou a Copinha, ao lado de Jáderson.

“Eles [jogadores e comissão técnica] me deram o máximo de confiança para eu fazer o meu melhor”, revelou o lateral-direito. “O Tiago Nunes pediu para eu manter o que vinha fazendo no Sub-17 e no Sub-19”, complementou.

Apesar da pouca idade, os dois jogadores atuaram profissionalmente em seus times anteriores. A experiência vivenciada foi importante para a estreia nos profissionais do Furacão. “Eu atuei no Campeonato Gaúcho e essa experiência ajudou”, frisou Jáderson. “Eu disputei o Campeonato Catarinense e deu para pegar experiência”, acrescentou Khellven.

Agora, a dupla fica na expectativa de seguir ajudando o Rubro-Negro, seja no elenco principal ou nos Aspirantes. Além do Campeonato Estadual, em andamento, o Furacão terá cinco competições em 2019: Conmebol Libertadores, Conmebol Recopa, Copa Suruga Bank, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

“Encaramos essa oportunidade como se fosse a última. Queremos continuar ajudando”, apontou o lateral-direito Khellven.

Jáderson reforça as palavras do companheiro. “Eu quero ajudar o Athletico e ter a chance de fazer isso nas competições durante o ano”, ressaltou.

Entrosamento dentro e fora de campo

Mesmo com o pouco tempo de convívio, Jáderson e Khellven procuram acelerar o entrosamento dentro e fora das quatro linhas. No CAT Alfredo Gottardi, por exemplo, dividem o mesmo quarto.

“Estamos tentando nos aproximar ao máximo, tanto que estamos no mesmo quarto no CAT. Procuramos sempre conversar para ter mais entrosamento”, salientou Khellven.

“Sempre temos nossa resenha, mas é fechada ao público”, brincou o lateral. “Ele é o rei da piada”, finalizou Jáderson.

Comentários

Jhonatam Moro
9 meses

Excluir
Coloca no aspirantes Reginaldo não dá pra aguentar