Time

Após estreia pelo Rubro-Negro, Erick projeta evolução no Campeonato Paranaense

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

O volante Erick chegou ao Athletico Paranaense no início deste ano. Destaque do Operário na campanha do Brasileirão da Série C de 2018, o jogador integra a equipe de Aspirantes do Furacão na disputa do Campeonato Estadual. No último sábado (19), diante do Cascavel CR, Erick fez a estreia com a camisa rubro-negra.

Revelado no Vila Nova, de Minas Gerais, Erick estreou profissionalmente pelo Arapongas, em 2016. Nos anos seguintes, seguiu no Estado e defendeu PSTC e Operário. No time de Ponta Grossa, o jogador fez 23 partidas na temporada passada e marcou nove gols, sendo peça fundamental para o título da Série C.

Assim que recebeu a proposta do Rubro-Negro, o jogador de 21 anos não pensou duas vezes. “Foi um convite mais do que especial do Athletico. Desde criança, sonho em jogar por um clube de Série A. Vendo a ascensão do Athletico nos cenários nacional e internacional, fiquei muito lisonjeado com a proposta e aceitei na hora participar desse projeto”, disse.

A estreia do volante no Furacão durou 49 minutos. Erick entrou no intervalo do jogo, no lugar de Robson Bambu e atuou durante todo o segundo tempo. “Foi uma sensação muito boa estar em campo. Apesar da derrota, acredito que foi uma estreia boa individualmente”, afirmou. “Sou um cara de muita entrega e intensidade. Isso nunca faltará com a camisa rubro-negra”, completou.

Atual campeão estadual, o Furacão está no Grupo A, ao lado de Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá, Operário e Toledo. Na 1ª Taça [Barcímio Sicupira], enfrentará todos os times do Grupo B.

“Temos a responsabilidade em todos os jogos, porque o Athletico é um clube muito grande. Mas estamos cientes do que precisamos fazer neste campeonato. A derrota na estreia nos dará ainda mais forças para buscarmos os resultados nas próximas rodadas”, garantiu Erick.

O próximo adversário do Rubro-Negro será o FC Cascavel. A partida acontece às 20h desta quarta-feira (23), no Estádio Olímpico Regional. “Analisando o que fizemos de errado no primeiro jogo, seguimos trabalhando forte. É uma equipe muito técnica e precisamos ter personalidade para fazer tudo o que treinamos, para atingir nossos objetivos no campeonato”, concluiu o volante.

Comentários

Jhonatam Moro
10 meses

Excluir
Entrou muito bem no segundo tempo do jogo