Time

Conmebol Recopa: “É um grupo muito focado e preparado”, destaca Lucho González

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

Falta pouco para o Furacão iniciar a disputa de mais uma final continental! Nesta quarta-feira (22), o Athletico Paranaense recebe o River Plate, no primeiro jogo da decisão da Conmebol Recopa, que coloca frente a frente os dois campeões da América em 2018. O duelo será às 21h30, no Estádio Joaquim Américo.

Antes do treinamento desta terça-feira (21), o último visando a primeira final, o meia Lucho González participou de entrevista coletiva. Capitão na conquista da Conmebol Sul-Americana de 2018, o jogador valorizou mais uma disputa continental no currículo.

“Foi muito difícil ter a possibilidade de participar deste jogo e obviamente queremos ficar mais uma vez na história do Clube, como fizemos na conquista da Sul-Americana. Então, é desfrutar e estar concentrados nos dois jogos. É um grupo muito focado e preparado”, disse.

Lucho já disputou 110 partidas pelo Furacão e conhece muito bem o rival da Conmebol Recopa. Pelo River Plate, foram mais de cinco temporadas e o título da Conmebol Libertadores, em 2015.

“Os dois times têm características parecidas, propõem o jogo e gostam de ter a bola. Outra característica que ambos têm é querer recuperar logo a bola quando perdem. Estrategicamente será um jogo lindo de ver e analisar. Os dois times têm propostas mais ofensivas e esperamos conquistar um bom resultado em casa”, destacou.

O camisa 3 athleticano deixou o River Plate em maio de 2016 e, quatro meses depois, se apresentou ao Furacão. “É uma sensação especial, por ser a primeira vez que vou enfrentar o River. Esperando a partida com ansiedade, sabendo que é uma final. E com muita vontade de conquistar esse título”, completou.

Com passagens vitoriosas em todas as equipes que defendeu, o meia luta pelo 27º título da carreira. “Final é sempre especial e pode ser mais um título para a minha carreira. Mas não penso individualmente. Sempre minha maneira de pensar foi pelo Clube. Para mim, é importante ficarmos na história do Athletico”, concluiu Lucho González.

 

Comentários

CARLOS AKIHIKO KOIKE
6 meses

Excluir
Lucho não é apenas um grande jogador de futebol, mas um esportista exemplar pelos valores que demonstra em campo e fora dele. Sugiro à Diretoria do ATHLETICO mantê-lo no Club em algum cargo técnico, por toda a sua bagagem e experiência, assim que o atleta encerrar sua carreira como jogador.