Time

Especial: Tiago Nunes completa dois anos de Clube e valoriza evolução profissional no Furacão

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

Há exatos dois anos, em uma terça-feira, Tiago Nunes desembarcava no CAT Alfredo Gottardi para começar a história no Athletico Paranaense. Na ocasião, o profissional assumiu o comando técnico da equipe Sub-19 rubro-negra.

Além de ajudar na formação dos atletas athleticanos, levou o time às fases finais do Campeonato Brasileiro da categoria. Cerca de oito meses depois, aceitou o desafio de comandar a equipe de Aspirantes na disputa do Campeonato Paranaense de 2018.

Depois disso, o torcedor do Furacão conhece bem a história. O título Estadual do ano passado veio com uma campanha irreparável. Foram 16 jogos, com 10 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. Na partida final, vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba.

No final de junho de 2018, durante a parada para a Copa do Mundo, Tiago Nunes assumiu a equipe principal do Athletico e não saiu mais. Além da recuperação no Campeonato Brasileiro, liderou o time na conquista inédita da Conmebol Sul-Americana, garantindo ainda um calendário recheado para a temporada 2019.

Como técnico dos profissionais do Rubro-Negro, Tiago Nunes acumula 58 partidas. São 35 vitórias, 14 empates e nove derrotas. Nestes duelos, a equipe marcou 99 gols e sofreu 35.

Nesta temporada, além da Conmebol Libertadores, competição que o Furacão lidera o Grupo G com nove pontos, a equipe comandada por Tiago Nunes disputará o Brasileirão, a Copa do Brasil, a Conmebol Recopa e a Copa Suruga Bank.

No dia em que Tiago Nunes completa dois anos da chegada ao Athletico Paranaense, o Site Oficial traz uma entrevista especial do treinador rubro-negro, com um balanço desde que desembarcou em Curitiba.

Site Oficial: Você já tinha trabalhado em diversas equipes profissionais antes de chegar aqui. O que te fez aceitar o desafio de comandar o time Sub-19 athleticano?
Tiago Nunes: A minha chegada ao Athletico foi em busca de conhecimento, evolução profissional e melhora técnica. Tendo em vista que o Athletico, reconhecidamente, sempre foi um Clube que se destaca pela estrutura física, tecnológica e metodológica. Além da busca pela contribuição na formação de jovens atletas, um projeto que o Clube sempre idealizou. Todos esses componentes me seduziram e me ajudaram a aceitar a proposta do Athletico em 2017.

Site: E você esperava que as coisas acontecessem de forma tão rápida aqui no Clube?
Tiago: Dentro do Clube, eu não imaginava. Vim sem a preocupação de pular etapas e estar na equipe principal e sim com o pensamento de trabalhar bem e ajudar o Clube. Mas com quase 18 anos de futebol profissional e com passagens em vários times profissionais, buscava oportunidades dessa magnitude, que só o Ahtletico pôde me oportunizar.

Site: Quando você foi o escolhido para assumir a equipe principal, sentia que estava preparado para uma responsabilidade tão grande?
Tiago: As coisas tomaram uma velocidade muito grande. Eu vim para um projeto de Formação, em pouco tempo estava à frente da equipe de Aspirantes e depois com a equipe principal. Sinto que tracei o caminho que deveria ter traçado, já tendo uma vivência anterior no futebol profissional, conhecendo a estrutura do Clube e, a partir daí, preparado para assumir esse desafio gigantesco e maravilhoso que é dirigir a equipe principal do Athletico.

Site: Em um ano no profissional, você conquistou o título do Campeonato Paranaense e da Conmebol Sul-Americana. Que peso essas conquistas têm no teu currículo?
Tiago: Cada um dos títulos teve o seu momento e importância. O Estadual era um momento meu de afirmação no Clube, assim como dos jogadores que buscavam oportunidades. Foi o primeiro título com a equipe de Aspirantes e um momento especial. E o título da Sul-Americana foi a consolidação do projeto do Clube. Ambas com muitos atletas formados no CAT e isso é um diferencial, deixando as conquistas ainda mais marcantes.

Site: Na semana passada, após a confirmação de que você permaneceria no Athletico, teve uma comoção muito grande da torcida. Como você encarou isso?
Tiago: Foi surpreendente o tamanho da repercussão que teve. Eu fiquei muito lisonjeado com o carinho do nosso torcedor, com tantas mensagens que recebi. Não imaginava que tinham tanto carinho pelo meu trabalho e por mim. Isso aumenta a responsabilidade que tenho com o Clube, para seguir representando o Athletico muito bem, junto com a comissão técnica e o grupo de jogadores. Fazendo o Clube crescer cada vez mais, para retribuir essa gratidão com muitos resultados e títulos.

Site: Você completa dois anos da chegada ao Clube em um momento raro no futebol brasileiro, tendo duas semanas para trabalhar entre um jogo e outro. Qual a importância desse período visando a sequência da temporada?
Tiago: Esse período agora será cada vez mais raro. Tivemos um ótimo tempo de preparação e agora vamos iniciar as rotinas de jogos em varias competições. Então, temos que estar muito preparados para que possamos agir bem nesse momento de muitos jogos. Temos que manter a regularidade e torcer para que todos possam estar em um bom momento, porque todos serão fundamentais. E aproveitar cada jogo de uma maneira especial, para entrarmos ainda mais na história do Clube.

Comentários

Arilson Nico
2 meses

Excluir
Pessoa e profissional como Tiago, e agora THiago, fazem valer a pena em ir aos jogos o Furacão. Espero que esses 2 anos virem 20. Grande abraço.