Resumo do jogo

Com time modificado, Athletico é superado pelo Flamengo

FLA 3
Brasileirão 2020
Rodada 13
1 CAP

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

O Athletico voltou ao Maracanã para enfrentar o Flamengo depois de mais de um ano.

Boas lembranças vêm à memória de todos os athleticanos quando se fala do último confronto com o time carioca no Maracanã. Foi a classificação do Furacão às semifinais da Copa do Brasil de 2019. Mas, infelizmente, hoje não foi um dia para ficar na memória.

O confronto aconteceu em uma realidade completamente diferente. Em meio à pandemia da COVID-19, sem torcida e pelo Campeonato Brasileiro. E, apesar de ter feito um excelente primeiro tempo, o Furacão perdeu por 3 a 1, com todos os gols na segunda etapa. 

As duas equipes tiveram um desempenho em alto nível na primeira parte do jogo. O Athletico teve chances mais claras de gol e fez uma boa marcação para segurar o adversário.

No primeiro minuto do jogo, o Furacão quase abriu o placar. O goleiro do Flamengo saiu jogando errado, Alvarado aproveitou e chutou forte, mas a bola foi na trave direita.

Aos 13’, Abner também teve uma boa oportunidade.

Ainda teve uma marcação de pênalti para o Athletico, de Gabriel Noga em Carlos Eduardo, que foi anulada após a revisão no VAR. Na cobrança de falta, Kayser mandou forte e o goleiro Hugo espalmou por cima do travessão. 

No segundo tempo, o Flamengo promoveu a entrada de Everton Ribeiro e, logo no primeiro minuto, Santos fez uma excelente defesa em um lance do meia adversário. O goleiro athleticano defendeu uma finalização de Bruno Henrique e outra de Pedro, pouco tempo depois, mostrando a qualidade de um goleiro de Seleção Brasileira.

O Flamengo abriu o placar aos 10 minutos, com Pedro.

E, aos 12’, a bola bateu na mão de Léo Gomes. Pênalti para o adversário, cobrado por Bruno Henrique. Santos quase pegou no canto esquerdo inferior.

O técnico Eduardo Barros promoveu duas mudanças na equipe athleticana. Erick e Ravanelli entraram nos lugares de Lucho e Alvarado.

Aos 21 minutos, o Furacão diminuiu a diferença no placar. Renato Kayzer finalizou de cabeça, aproveitando o cruzamento que veio da direita.

Em seguida, Christian entrou para saída de Richard.

Mas, aos 31 minutos, o Flamengo fechou o placar com um gol de Everton Ribeiro.

O Athletico ainda teve as entradas de Walter e Wellington, mas não conseguiu mudar o placar.

O próximo jogo athleticano será na quinta-feira (8), contra o Ceará, no Estádio Joaquim Américo.

Ficha técnica: Flamengo 3×1 Athletico Paranaense

Campeonato Brasileiro: 13ª rodada
Data: 04/10/2020
Horário: 16h
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Éder Alexandre (SC)
Árbitro de vídeo: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Flamengo: Hugo, Isla, Gabriel Noga, Natan e Filipe Luís (Ramon, aos 42’, do 2º tempo); William Arão, Gerson e Arrascaeta (Diego, aos 39’ do 2º tempo); Vitinho (Everton Ribeiro – intervalo), Bruno Henrique (Michael, aos 36’ do 2º tempo) e Pedro (Lincoln, aos 35’ do 2º tempo).
Técnico: Jordi Gris
Gols: Pedro, aos 10’ do 2º tempo, Bruno Henrique, aos 13’ do 2º tempo e Everton Ribeiro, aos 31’ do 2º tempo.
Cartões amarelos: Gabriel Noga, Filipe Luís e Bruno Henrique.

Athletico Paranaense: Santos; Léo Gomes (Wellington, aos 37’ do 2º tempo), Felipe Aguilar, José Ivaldo e Abner; Richard (Christian, aos 29’ do 2º tempo), Jaime Alvarado (Ravanelli, aos 14’ do 2º tempo), Jorginho (Walter, aos 35’ do 2º tempo) e Lucho (Erick, aos 14’ do 2º tempo); Carlos Eduardo e Renato Kayzer.
Técnico: Eduardo Barros
Gol: Renato Kayzer, aos 21’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Erick, Richard, Wellington, Christian

FLA CAP
12
Finalizações
8
7
Finalizações no gol
5
4
Finalizações para fora
3
1
Finalizações bloqueadas
0
6
Chances reais
3
4
Escanteios
5
2
Impedimentos
2
4-4-2
79
Renato Kayzer
96
Carlos Eduardo
3
Lucho González
15
Jaime Alvarado
10
Jorginho
25
Richard
16
Abner Vinicius
27
José Ivaldo
23
Felipe Aguilar
97
Léo Gomes
1
Santos
  • Jandrei
  • Lucas Halter
  • João Victor
  • Wellington
  • Erick
  • Christian
  • Léo Cittadini
  • Ravanelli
  • Bruno Leite
  • Geuvânio
  • Walter
  • Bissoli
  • Técnico
  • Eduardo Barros

Arbitragem

Árbitro:

Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)

Auxiliares:

Henrique Neu Ribeiro (SC)

Éder Alexandre (SC)

Quarto árbitro:

Rafael Martins de Sá (RJ)

Público e Renda

Total:

Portões fechados

Pagante:

Portões fechados

Renda:

Portões fechados