Resumo do jogo

Furacão vence o CSA e sobe para sexto na classificação

CAP 1
Brasileirão 2019
Rodada 30
0 CSA

O Athletico conquistou mais uma vitória neste domingo (3) e chegou ao G6 do Brasileirão! No Estádio Joaquim Américo, o Furacão fez 1 a 0 no CSA, com um gol de Marcelo, aos 36’ do segundo tempo, e agora soma 46 pontos.

Em um jogo com 29 finalizações do Rubro-Negro, não faltaram chances, bolas na trave e gols anulados. Mas a justiça no placar veio em uma grande jogada de Márcio Azevedo, que deixou Marcelo na cara do gol.

O próximo compromisso do Athletico no Campeonato Brasileiro está marcado para as 21h30 da próxima quarta-feira (6), novamente no Caldeirão, diante do Cruzeiro.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

Como sempre no Caldeirão, o jogo começou com o Furacão já amassando o adversário no campo de defesa. Logo no primeiro minuto, Márcio Azevedo cobrou escanteio e a bola sobrou para Léo Pereira, que mandou por cima do gol.

Aos 3’, em mais um cruzamento de Márcio Azevedo, Thonny Anderson mandou de primeira, mas a bola bateu na zaga. Outra boa chance aconteceu aos 8’, com Camacho, que fez boa jogada individual, invadiu a área, mas não conseguiu finalizar!

O primeiro gol quase saiu aos 11’. Em cobrança de falta, Nikão soltou uma bomba, o goleiro João Carlos desviou e a bola explodiu no travessão!

Nikão teve mais uma boa chance aos 28’. Depois de um escanteio, ele pegou o rebote da zaga e bateu firme, à direita do gol. E aos 32’, foi Camacho quem arriscou de fora da área, exigindo mais uma boa defesa de João Carlos.

Quem também esteve perto de abrir o placar foi Marco Ruben. Aos 35’, a zaga deu bobeira, o camisa 9 recebeu dentro da área, mas o João Carlos saiu no momento certo evitou o gol!

Segundo tempo

Novamente o Athletico voltou a ameaçar o gol adversário logo no primeiro minuto. Madson cruzou rasteiro e Marco Ruben mandou para fora!

Em seguida, o jogo teve três bolas na trave na sequência. Aos 5’, Jonatan Gómez, chutando de fora pelo CSA. Aos 6’, Nikão, pegando o rebote do chute de Marco Ruben. E aos 8’, Ricardo Bueno, de fora da área, com desvio de Santos.

Aos 10’, Rony balançou as redes, após um rápido contra-ataque do Furacão e o rebote de João Carlos no chute de Nikão. Mas o árbitro marcou impedimento após intervenção do VAR.

O gol para valer sairia aos 37’. Márcio Azevedo fez ótima jogada pela esquerda, cruzou rasteiro e encontrou Marcelo livre na área. 1 a 0 Furacão!

O Athletico ainda acertou mais uma bola na trave, em um chutaço de Bruno Nazário aos 46’, e teve outro gol anulado.

Aos 48’, o goleiro João Carlos foi para área em um escanteio para o CSA, a zaga athleticana afastou e a bola foi lançada para Braian Romero. Ele tocou para o gol vazio, mas o assistente marcou impedimento.

Ficha técnica: Athletico Paranaense 1 x 0 CSA
Campeonato Brasileiro: 30ª rodada
Data: 03/11/2019
Horário: 18h
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba (PR)

Athletico Paranaense: Santos; Madson, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Camacho; Nikão (Marcelo, aos 29’ do 2º tempo), Bruno Guimarães, Thonny Anderson (Bruno Nazário, aos 15’ do 2º tempo) e Rony; Marco Ruben (Braian Romero, aos 42’ do 2º tempo)
Técnico: Tiago Nunes
Gol: Marcelo, aos 36’ do segundo tempo
Cartões amarelos: Bruno Guimarães, Marco Ruben, Thiago Heleno

CSA: João Carlos; Celsinho, Alan Costa, Luciano Castán e Euller; João Vitor, Dawhan (Jean Kléber, aos 15’ do 2º tempo) e Jonatan Gómez (Alecsandro, aos 35’ do 2º tempo); Apodi (Héctor Bustamante, aos 25’ do 2º tempo), Warley e Ricardo Bueno
Técnico: Argel Fucks
Cartões amarelos: Dawhan, Ricardo Bueno, Luciano Castán

CAP CSA
29
Finalizações
8
12
Finalizações no gol
6
10
Finalizações para fora
1
7
Finalizações bloqueadas
1
6
Escanteios
2
3
Impedimentos
2
4-1-4-1
9
Marco Ruben
7
Rony
38
Thonny Anderson
39
Bruno Guimarães
11
Nikão
15
Camacho
6
Márcio Azevedo
4
Léo Pereira
44
Thiago Heleno
23
Madson
1
Santos
  • Léo
  • Lucho González
  • Marcelo Cirino
  • Khellven
  • Robson Bambu
  • Abner Vinicius
  • Braian Romero
  • Erick
  • Vitinho
  • Pedrinho
  • Bruno Nazário
  • Everton Felipe
  • Técnico
  • Tiago Nunes

Arbitragem

Árbitro:

Sávio Pereira Sampaio

Auxiliares:

Daniel Henrique da Silva Andrade

José Reinaldo Nascimento Júnior

Quarto árbitro:

Leonardo Ferreira Lima

Público e Renda

Total:

12.933

Pagante:

10.681

Renda:

R$ 177.955,00