Resumo do jogo

Na fé e na raça!

CAP 2
Brasileirão 2020
Rodada 36
1 ACG

Quem é rubro-negro não desiste jamais! E foi assim, acreditando até o último instante, que o Athletico conquistou uma vitória sofrida, suada e que mantém o time na luta por uma vaga na CONMEBOL Libertadores de 2021.

Contra o Atlético Goianiense, não teve espetáculo. O brilhantismo ficou restrito a um lançamento de Thiago Heleno, ao gol de Vitinho, a um cruzamento de Nikão. Mas foi justamente nesses lances que o Rubro-Negro decidiu o jogo e construiu a vitória por 2 a 1.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

O adversário não veio recuado para somente segurar o ímpeto athleticano. Pelo contrário, o time goiano tentou surpreender o Furacão nos primeiros minutos partindo para o ataque e exigindo uma grande defesa de Santos.

O Athletico soube resistir e equilibrou o jogo. Mas a primeira etapa transcorreu sem grandes oportunidades, além de uma cabeçada para fora de Thiago Heleno .

No segundo tempo, o Athletico esteve quase todo o tempo no campo de ataque. Logo aos 3′, Léo Cittadini chutou perto da trave.

O gol só sairia aos 17′, em uma linda jogada. Thiago Heleno acertou um lançamento perfeito para Abner na ponta esquerda. De primeira, ele acionou Vitinho, que dominou, cortou a marcação e bateu de fora da área, no cantinho! Furacão na frente! 

Mas o Athletico ainda teria que sofrer mais um bocado para conquistar esse triunfo. Aos 25′, o adversário conseguiu o empate em uma cabeçada de Janderson que acertou o travessão e bateu em Santos antes de entrar.

O revés não desanimou o time rubro-negro, que seguiu acreditando na vitória. E ela veio aos 46′, quando Nikão foi lançado na esquerda e cruzou na medida para Thiago Heleno cabecear com força para decretar o triunfo athleticano.

Mais três pontos na conta e a luta pela CONMEBOL Libertadores ainda viva!

Faltam duas rodadas e o próximo desafio é fora de casa, contra o Grêmio, no próximo domingo (14).

Ficha técnica: Athletico Paranaense 2×1 Atlético Goianiense
Campeonato Brasileiro 2020: 36ª rodada
Data: 14/02/2021 [domingo]
Horário: 18h15
Local: Estádio Joaquim Américo

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ) e Lilian da Silva Bruno (RJ)
Quarto árbitro: Robson Babinski (PR)
Árbitro de vídeo: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)

Athletico Paranaense: Santos; Jonathan (Khellven, aos 48′ do 2º tempo), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Léo Cittadini e Nikão; Vitinho (Walter, aos 41′ do 2º tempo), Renato Kayzer (Jadson, no intervalo) e Carlos Eduardo (José Ivaldo, aos 48′ do 2º tempo)
Técnico: Paulo Autuori
Gols: Vitinho, aos 17′, e Thiago Heleno, aos 46′ do segundo tempo
Cartões amarelos: Abner, Richard e Jonathan

Atlético Goianiense: Jean; Dudu, Oliveira, Éder e Natanael (Arnaldo, no intervalo); Willian Maranhão (Gabriel Baralhas, aos 43′ do 2º tempo), Marlon Freitas e Wellington Rato; Chico (Roberson, aos 22′ do 2º tempo), Janderson (Vitor Leque, aos 43′ do 2º tempo) e Zé Roberto (Danilo, aos 38′ do 2º tempo)
Técnico: Marcelo Cabo
Gol: Janderson, aos 25′ do segundo tempo
Cartão amarelo: Chico

Fotos: Fabio Wosniak/athletico.com.br

 

CAP ACG
8
Finalizações
11
3
Finalizações no gol
5
5
Finalizações para fora
6
0
Finalizações bloqueadas
0
3
Chances reais
4
7
Escanteios
4
4
Impedimentos
3
4-3-3
96
Carlos Eduardo
79
Renato Kayzer
28
Vitinho
18
Léo Cittadini
11
Nikão
25
Richard
16
Abner Vinicius
44
Thiago Heleno
34
Pedro Henrique
2
Jonathan
1
Santos
  • Jandrei
  • Felipe Aguilar
  • José Ivaldo
  • Lucas Halter
  • Khellven
  • Jaime Alvarado
  • Christian
  • Jadson
  • Bissoli
  • Walter
  • Reinaldo
  • Jajá
  • Técnico
  • Paulo Autuori

Arbitragem

Árbitro:

Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Auxiliares:

Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ)

Lilian da Silva Bruno (RJ)

Quarto árbitro:

Robson Babinski (PR)

Público e Renda

Total:

Portões fechados

Pagante:

Portões fechados

Renda:

Portões fechados