Resumo do jogo

Ponto conquistado em Fortaleza

FOR 0
Brasileirão 2022
Rodada 11
0 CAP

Foi uma partida difícil no Castelão. Com vários desfalques e contra um adversário pressionado, o Athletico não teve uma grande apresentação. Mas o empate em 0x0 fora de casa garantiu um ponto importante, que mantém o time no G6 do Brasileirão.

O Rubro-Negro chegou a 17 pontos conquistados e encerrou a 11ª rodada na quinta posição. São sete jogos de invencibilidade na temporada, cinco deles pelo Brasileiro.

Agora, Felipão vai preparar a equipe para enfrentar o Corinthians, na próxima quarta-feira (15), no Caldeirão. Em busca da sexta vitória no campeonato!

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

Jogando em casa e precisando de um bom resultado para deixar as últimas posições, o Fortaleza buscou o ataque desde o início do jogo. Mas duas grandes defesas de Bento, em finalizações de Yago Pikachu e Moisés, mantiveram o placar fechado.

A melhor oportunidade athleticana na primeira etapa aconteceu em um cruzamento de Abner, em que a bola acertou o travessão. 

No segundo tempo, o adversário seguiu pressionando e teve o domínio das ações, mas não conseguiu criar muitas chances reais de gol.

Para o Rubro-Negro, Tomás Cuello finalizou com perigo, aos 10′, após boa jogada de Terans. E já aos 42′, Matheus Babi quase deu a vitória ao Furacão. Ele recebeu lançamento na entrada da área e, na saída do goleiro, tocou por cobertura. Por muito pouco, a bola saiu por cima do travessão. 

Ficha técnica: Fortaleza 0x0 Athletico Paranaense 
Campeonato Brasileiro 2022: 11ª rodada
Data: 12/06/2022
Horário: 19h
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Público total: 18.167
Renda: R$ 118.976,00

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)
Quarto árbitro: Renato Pinheiro (CE)
Árbitro de vídeo: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP)

Fortaleza: Marcelo Boeck; Landázuri (Hércules, aos 21′ do 2º tempo), Benevenuto, Titi e Jussa (Ceballos, aos 30′ do 2º tempo); Zé Welison, Lucas Lima (Silvio Romero, aos 43′ do 2º tempo), Juninho Capixaba e Yago Pikachu; Moisés (Romarinho, aos 30′ do 2º tempo) e Robson (Renato Kayzer, aos 21′ do 2º tempo)
Técnico: Juan Pablo Vojvoda
Cartão amarelo: Yago Pikachu

Athletico Paranaense: Bento; Khellven, Matheus Felipe, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Matheus Fernandes (Erick, aos 37′ do 2º tempo) e David Terans (Pedrinho, aos 13′ do 2º tempo); Tomás Cuello (Marcelo Cirino, aos 24′ do 2º tempo), Rômulo (Matheus Babi, aos 24′ do 2º tempo) e Léo Cittadini (Vitor Bueno, aos 13′ do 2º tempo)
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Cartões amarelos: Matheus Fernandes, Marcelo Cirino e Erick

Fotos: Gustavo Oliveira/athletico.com.br

FOR CAP
22
Finalizações
7
6
Finalizações no gol
0
12
Finalizações para fora
6
4
Finalizações bloqueadas
1
4
Chances reais
2
7
Escanteios
1
1
Impedimentos
2
62
Posse de bola
38
4-3-3
18
Léo Cittadini
35
Rômulo
28
Tomás Cuello
20
David Terans
17
Hugo Moura
6
Matheus Fernandes
16
Abner
2
Nicolás Hernández
42
Matheus Felipe
13
Khellven
1
Bento
  • Anderson
  • Leo Linck
  • Dedé
  • Lucas Halter
  • Pedrinho
  • Erick
  • Bryan García
  • Marcelo Cirino
  • Vitor Bueno
  • Matheus Babi
  • John Mercado
  • Emersonn
  • Técnico
  • Felipão

Arbitragem

Árbitro:

André Luiz de Freitas Castro (GO)

Auxiliares:

Fabrício Vilarinho da Silva (GO)

Tiago Gomes da Silva (GO)

Quarto árbitro:

Renato Pinheiro (CE)

Público e Renda

Total:

18.167

Pagante:

Não disponível

Renda:

R$ 118.976,00