Resumo do jogo

Três pontos na conta!

CAP 1
CONMEBOL Sul-Americana 2021
Rodada 2
0 MET

O Athletico conseguiu furar a retranca do Metropolitanos e conquistou mais uma vitória na CONMEBOL Sul-Americana. A vitória de 1 a 0 sobre o time venezuelano, nesta quarta-feira (28), deixa o Furacão com seis pontos em duas partidas no Grupo D.

O Jogo

Foi um jogo em que o Rubro-Negro precisou de muita paciência para chegar ao gol. O adversário se defendeu o tempo todo com nove jogadores próximos à área, dando pouquíssimos espaços para o ataque athleticano.

O gol que garantiu o triunfo saiu aos 8′ do segundo tempo, com lançamento perfeito de Thiago Heleno, cruzamento preciso de Khellven e cabeçada certeira de Renato Kayzer.

Antes disso, o Athletico tentou durante o primeiro tempo inteiro superar o ferrolho armado pelo treinador adversário. Abner, Kayzer, Canesin, Nikão… Todos estiveram próximos de abrir o placar. Mas a melhor chance aconteceu aos 17′, em um belo chute de Vitinho, que pegou efeito, fez a curva e acertou a trave.

A segunda etapa começou com o Metropolitanos assustando, com grande oportunidade perdida por Cova. E quando o Furacão deu a resposta, a defesa rival finalmente foi vencida.

Aos 8′, um lindo lançamento do General cruzou boa parte do campo para encontrar Khellven na ponta direita, junto à linha de fundo. Mesmo com pouco espaço ele conseguiu o domínio e, pressionado pela defesa, conseguiu cruzar e encontrar Kayzer sozinho na pequena área. Cabeçada certeira e bola rede!

Com a vantagem no marcador, o Athletico administrou o jogo. E teve a tarefa facilitada pelo atacante Bustillo, que agrediu Kayzer em frente ao árbitro e foi expulso.

A vitória estava assegurada.

O time principal do Furacão volta a jogar pela CONMEBOL Sul-Americana na próxima terça-feira (4). O adversário será o Melgar, às 21h30, em Lima, no Peru.

Ficha técnica: Athletico Paranaense 1×0 Metropolitanos
CONMEBOL Sul-Americana 2021 – Grupo D – 2ª rodada
Data: 28/04/2021
Horário: 19h15
Local: Estádio Joaquim Américo

Árbitro: Gustavo Tejera (Uruguai)
Assistentes: Santiago Fernández (Uruguai) e Raul Orellana (Chile)
Quarto árbitro: Eduardo Gamboa (Chile)

Athletico Paranaense: Santos; Erick (Cristian, aos 32′ do 2º tempo), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Fernando Canesin (Yago, aos 23′ do 2º tempo) e Léo Cittadini (Khellven, no intervalo); Nikão, Renato Kayzer (Matheus Babi, aos 39′ do 2 tempo) e Vitinho (Reinaldo, aos 39′ do 2º tempo)
Técnico: António Oliveira
Gol: Renato Kayzer, aos 8′ do segundo tempo
Cartão amarelo: Nikão

Metropolitanos: Schiavone; Bolívar (Colmenarez, aos 44’do 2º tempo), Ferro, Pabón (Mancín, aos 32′ do 2º tempo) e Cova; Bahachille, Falcón e Larotonda (Rosa, aos 32′ do 2º tempo); Martell (Soto, aos 14′ do 2º tempo), Flores (Pavone, aos 44′ do 2º tempo) e Bustillo
Técnico: José María Morr
Cartões amarelos: Cova e Mancín
Cartão vermelho: Bustillo, aos 33′ do segundo tempo

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

CAP MET
26
Finalizações
5
8
Finalizações no gol
2
8
Finalizações para fora
3
10
Finalizações bloqueadas
0
5
Chances reais
3
5
Escanteios
2
1
Impedimentos
1
4-3-3
28
Vitinho
9
Renato Kayzer
11
Nikão
18
Léo Cittadini
8
Fernando Canesin
25
Richard
16
Abner
44
Thiago Heleno
34
Pedro Henrique
26
Erick
1
Santos
  • Bento
  • Felipe Aguilar
  • José Ivaldo
  • Márcio Azevedo
  • Khellven
  • Nicolas
  • Christian
  • Lucho González
  • Jadson
  • Reinaldo
  • Yago
  • Matheus Babi
  • Técnico
  • António Oliveira

Arbitragem

Árbitro:

Gustavo Tejera (Uruguai)

Auxiliares:

Santiago Fernández (Uruguai)

Raul Orellana (Chile)

Quarto árbitro:

Eduardo Gamboa (Chile)

Público e Renda

Total:

Portões fechados

Pagante:

Portões fechados

Renda:

Portões fechados