Escola Furacão

Athletico é o primeiro clube brasileiro a ingressar em Moçambique, na África

A Escola de Futebol Furacão deu mais um grande passo de caráter social e humano. Na última semana, representantes do Athletico Paranaense estiveram na Comunidade de Moneia, em Zambezia, no Moçambique, para a inauguração de um projeto social da Escola de Futebol Furacão.

A Escola de Futebol Furacão de Moçambique se junta à unidade do Quênia, aumentando a presença do Furacão na África. Há também uma escola na Índia, completando as três unidades fora do Brasil.

O projeto recém-inaugurado é fruto de uma parceria entre Athletico Paranaense e a Associação Árvore da Vida, por meio da Pés Livres.

Logo de início, foram distribuídos 40 uniformes para as primeiras crianças e adolescentes que fazem parte do projeto, localizado numa comunidade com cerca de cinco mil habitantes. A ideia é que todas as crianças e adolescentes da Comunidade de Moneia sejam impactadas pelo projeto do Athletico.

Comentários

Maria Luiza Teixeira
2 semanas

Excluir
Que lindo! Precisamos de mais oportunidades como essa aos haitianos que vivem aqui também. Parabéns!

Clécio Otávio Kuzniarski
4 semanas

Excluir
Excelente trabalho!!!! Dá orgulho torcer para um time assim! Poderia ter um projeto para nós torcedores podermos contribuir mensalmente para ajudar abrir e manter mais escolas nesses países e em outros. Com um pouco de cada um de nós, podemos melhorar a vida de muitas crianças e famílias.