Clube

Athletico Paranaense se despede de Oswaldo Alvarez, o nosso eterno Vadão

Esta segunda-feira (25) é um dia triste para o Athletico Paranaense e todos os seus torcedores. O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, nos deixou hoje (25), aos 63 anos.

Vadão teve três passagens pelo Athletico Paranaense. E comandou o Furacão em momentos históricos e inesquecíveis para a torcida.

Assumiu o comando da equipe pela primeira vez em 1999 e conduziu o Rubro-Negro rumo ao título da Seletiva da Libertadores, que deu ao Rubro-Negro o direito de participar pela primeira vez do maior torneio do continente.

O trabalho continuou com a boa campanha do Furacão na Libertadores e, na sequência, com a conquista do primeiro título do Athletico na Arena: campeão paranaense de 2000.

Vadão voltaria a treinar o Furacão em 2003 e entre 2006 e 2007.

O último trabalho de Oswaldo Alvarez como treinador foi frente à da Seleção Brasileira Feminina, entre 2017 e 2019.

Vadão estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo (SP). Em dezembro de 2019, ele recebeu um diagnóstico de câncer de fígado. O velório e o sepultamento de Vadão acontecerão em Monte Azul Paulista (SP), sua terra natal.

O Athletico Paranaense lamenta o falecimento deste grande profissional e se solidariza com todos os familiares e amigos neste momento de profundo pesar.

Podcast 

Escute o podcast em homenagem ao Vadão. O programa está disponível no Deezer, Google Podcasts e Spotify

Os Sócios Furacão também podem conferir, em vídeo, no Furacão Play.

Comentários

PAULO CEZAR VEIGA
2 meses

Excluir
Grande Vadão, nos deixou cedo demais, com certeza fará muita falta no futebol brasileiro.

REGINALDO HENRIQUE SOSSAI
3 meses

Excluir
Descanse em paz Prof. Vadão, foi uma honra trabalhar com esse grande profissional e amigo, no Athletico, São Paulo e Bahia, vai deixar saudades, principalmente pela sua passagem no Furacão!

LEONARDO DE ANDRADE MORBELLI
3 meses

Excluir
Grande profissional Vadão, está com o nome gravado em nossa história e em nosso coração. Obrigado por contribuir tanto para a transformação de nosso furacão no gigante que é hoje.

Jose Ricardo Luiz Tavares
3 meses

Excluir
Obrigado professor Vadão, um dos melhores

Nelson Luis Barbosa Rebellato
3 meses

Excluir
Além de competente era um gentleman, o wue é raro no meio edportivo. Vá em paz e obrigado Vadão.

Antonio Silva Do Rego Barros
3 meses

Excluir
Grande profissional que se transformou em torcedor. Fique com Deus e obrigado

Joao Paulo Gomes De Souza
3 meses

Excluir
Vai com Deus, professor. Obrigado por tudo!