Arena

Neste dia: Há 21 anos, Seleção Brasileira entrava em campo na nova Arena

Créditos: Arquivo - Heriberto Ivan Machado

A construção do estádio mais moderno da América Latina tinha que acontecer em grande estilo. E o Athletico não deixou por menos na hora de abrir as portas de sua nova Arena, em junho de 1999.

No dia 24 de junho, a primeira partida na nova casa rubro-negra emocionou os athleticanos com uma grande festa e a vitória do Furacão sobre o Cerro Porteño.

Dois dias depois, em 26 de junho, foi a vez da Seleção Brasileira pisar no gramado do novo Caldeirão, para um amistoso contra a Letônia. Uma oportunidade única para o torcedor ver, com a proximidade que só o estádio do Athletico permitia, alguns dos maiores craques do futebol mundial.

Em campo, estavam jogadores que fariam história com a amarelinha, como Dida, Cafu, Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo.

E cerca de 30 mil pessoas assistiram ao show esperado: vitória de 3 a 0 do time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Alex [25′ do 1º tempo], Roberto Carlos [8′ do 2º tempo] e Ronaldo [28′ do 2º tempo] marcaram os gols.

A Arena voltaria a receber a Seleção dois anos depois, em 9 de agosto de 2001. Daquela vez, o adversário foi o Panamá e o Brasil venceu por 5 a 0. 


Créditos: Bruno Baggio/Site Oficial

Na história: Brasil 3×0 Letônia
Amistoso Internacional
Data: 26/06/1999
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba (PR)
Árbitro: Gustavo Gallesio (Uruguai)

Brasil: Dida; Cafu, Odvan, Antônio Carlos e Roberto Carlos; Émerson, Vampeta, Alex e Zé Roberto; Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Gols: Alex, aos 25’ do 1º tempo, Roberto Carlos, aos 8’, e Ronaldo, aos 28’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Emerson e Antônio Carlos

Letônia: Kolinko (Piedels); Laizans, Isakovs, Zemlinskis e Korablovs; Astafjevs (Bleidelis), Miholaps (Kolesnicenko), Rubins (Stepanovs) e Blagonadezdins; Dobrecovs (Bulders) e Verpakovskis (Štolcers)
Técnico: Revaz Dzodzuashvili
Cartão amarelo: Verpakovskis

Comentários