Resumo do jogo

Athletico sofre primeira derrota em casa no Brasileiro

CAP 1
Brasileirão 2021
Rodada 15
2 SAO

O Athletico não teve uma boa atuação na tarde deste sábado (7) e foi superado pelo São Paulo pelo placar de 2 a 1. A primeira derrota do Furacão como mandante no Campeonato Brasileiro 2021 mantém o time com 23 pontos na classificação.

O Rubro-Negro volta a jogar pelo Brasileirão no próximo domingo (15). O adversário será o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Antes, tem duelo internacional pela CONMEBOL Sul-Americana. Na próxima quinta-feira (12), às 19h15, o Athletico enfrenta a LDU em Quito (Equador), no primeiro duelo do confronto pelas quartas de final.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

A partida começou com o São Paulo mais presente no campo de ataque. O time visitante conseguiu abrir o placar aos 13′. Pablo recebeu na área e foi derrubado por Pedro Henrique. O próprio Pablo bateu o pênalti e Bento não conseguiu defender.

O Rubro-Negro foi em busca da reação. Carlos Eduardo caiu em disputa com Igor dentro da área, mas a arbitragem não viu falta no lance. E após uma cobrança de escanteio, Erick pegou a sobra e arriscou de bicicleta, nas mãos do goleiro.

O gol de empate do Furacão saiu aos 28′. Carlos Eduardo fez o passe para David Terans, que tentou o domínio, mas a bola ficou para Renato Kayzer, que tocou na saída do goleiro!

Mas a igualdade no placar não durou muito tempo. Aos 33′, Gabriel Sara recebeu pelo lado direito da defesa rubro-negra e cruzou rasteiro. Pablo, livre na pequena área, tocou para o gol e colocou os visitantes de novo em vantagem.

Ainda no primeiro tempo, o Athletico teve a chance de um novo empate em duas grandes jogadas de David Terans. Tiago Volpi salvou o São Paulo.

O Rubro-Negro melhorou na segunda etapa. Logo no início, duas finalizações, com Pedro Henrique e Richard. E em mais um lindo lance de Terans, ele invadiu a área, bateu cruzado, mas ninguém apareceu para desviar para a rede.

Enquanto o São Paulo recorria a todos os artifícios para fazer o tempo passar, o Furacão seguia lutando. Aos 36′, Benítez, que fazia o aquecimento junto aos reservas do São Paulo, atrapalhou uma cobrança de escanteio de Terans, foi expulso e se recusou a deixar o gramado, causando uma longa paralisação.

O árbitro deu dez minutos de acréscimos, depois mais dois. Mas o adversário seguiu matando tempo e o Athletico não conseguiu criar mais boas chances de gol.

Ficha técnica: Athletico Paranaense 1×2 São Paulo
Campeonato Brasileiro 2021: 15ª rodada
Data: 07/08/2021 [domingo]
Horário: 18h
Local: Estádio Joaquim Américo

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
Quarto árbitro: Leonardo Sígari Zanon (PR)
Árbitro de vídeo: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Athletico Paranaense: Bento; Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Márcio Azevedo (Jaderson, aos 30′ do 2º tempo); Erick (Léo Cittadini, aos 15′ do 2º tempo), Richard (Jose Ivaldo, aos 30′ do 2º tempo) e David Terans (Jadson, aos 42′ do 2º tempo); Nikão, Renato Kayzer (Vinícius Mingotti, aos 30′ do 2º tempo) e Carlos Eduardo
Técnico: António Oliveira
Gol: Renato Kayzer, aos 28′ do primeiro tempo
Cartões amarelos: Richard e Thiago Heleno

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinícius (Orejuela, aos 40′ do 2º tempo), Miranda, Léo e Welington (Luan, aos 32′ do 2º tempo); Liziero, Rodrigo Nestor (Bruno Alves, aos 40′ do 2º tempo), Igor Gomes (Reinaldo, aos 32′ do 2º tempo) e Gabriel Sara; João Rojas (Galeano, aos 12′ do 2º tempo) e Pablo
Técnico: Hernán Crespo
Gols: Pablo (pênalti), aos 13′ e aos 33′ do primeiro tempo
Cartões amarelos: Welington, Igor Vinícius, Lucas Perri e Galeano
Cartão vermelho: Benítez, aos 36′ do segundo tempo

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

CAP SAO
13
Finalizações
8
7
Finalizações no gol
4
5
Finalizações para fora
3
1
Finalizações bloqueadas
1
4
Chances reais
5
7
Escanteios
2
1
Impedimentos
2
4-3-3
96
Carlos Eduardo
79
Renato Kayzer
11
Nikão
80
David Terans
25
Richard
26
Erick
6
Márcio Azevedo
44
Thiago Heleno
34
Pedro Henrique
5
Marcinho
99
Bento
  • Anderson
  • Edu
  • José Ivaldo
  • Luan Patrick
  • Khellven
  • Nicolas
  • Léo Cittadini
  • Jadson
  • Fernando Canesin
  • Jáderson
  • Bissoli
  • Vinicius Mingotti
  • Técnico
  • António Oliveira

Arbitragem

Árbitro:

Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Auxiliares:

Leirson Peng Martins (RS)

Lúcio Beiersdorf Flor (RS)

Quarto árbitro:

Leonardo Sígari Zanon (PR)

Público e Renda

Total:

Portões fechados

Pagante:

Portões fechados

Renda:

Portões fechados