Resumo do jogo

Com a força do conjunto e a marca do craque!

CAP 2
Brasileirão 2022
Rodada 7
1 AVA

Toca no Terans que é… Dois gols e mais três pontos para o Furacão!

O camisa 20 marcou duas vezes no primeiro tempo e o Athletico venceu o Avaí por 2 a 1, na noite deste sábado (22), no Caldeirão. E se o adversário tinha a chance de chegar à vice-liderança, quem subiu na classificação do Brasileiro foi o Rubro-Negro.

Com o triunfo, o Furacão chega a nove pontos e ocupa agora o 12º lugar na tabela. O próximo desafio na competição está marcado para as 18h do próximo domingo (29), contra o Cuiabá, na casa do adversário.

Antes, tem jogo decisivo pela CONMEBOL Libertadores. Na quinta-feira (26), às 19h, o Athletico enfrenta o Caracas, no Joaquim Américo, pela última rodada da fase de grupos.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

O Avaí não veio pensando em retranca. No início do jogo, tentou marcar no campo de defesa do Furacão e buscar o ataque. Mas o time athleticano conseguia sair da pressão e criar as melhores oportunidades de gol.

O placar quase foi aberto aos 14′. Pablo recebeu um passe de peito de Cuello e chutou de fora da área. O goleiro Douglas voou e fez uma grande defesa.

Mas foi aos 22′ que aconteceu a jogada que deu origem ao primeiro gol. Christian rolou na área para Terans, que chutou de primeira e a bola bateu no braço de Arthur Chaves. Pênalti confirmado após análise no VAR! Terans na cobrança, bola para um lado, goleiro para outro: 1 a 0!

O Rubro-Negro teve a chance de ampliar em duas finalizações de Christian. Mas foi novamente com Terans que a bola voltou a balançar a rede. Aos 43′, Cuello recebeu pela esquerda e tocou para na área para o camisa 20. O chute saiu cruzado e fatal: 2 a 0! 

O Athletico ainda teve mais uma chance na primeira etapa, em um chute de fora da área de Canobbio. E foi com uma boa vantagem para o intervalo.

Mas logo no começo da segunda etapa, o adversário conseguiu descontar, em um lance inusitado.

Primeiro, Hugo Moura fez falta em Dentinho da área. Na cobrança, Willian Pottker tentou uma cavadinha, mas Bento defendeu! No rebote, Khellven tentou afastar e derrubou Pottker. Mais um pênalti! Desta vez, o atacante bateu forte e sem chances de defesa.

O Furacão tentou dar a resposta. Cuelo arriscou de fora da área e mandou por cima. Canobbio quase conseguiu desviar um cruzamento de Terans. E Christian recebeu um lindo passe de Terans, matou no peito e bateu tirando tinta da trave.

A partir daí, o jogo ficou mais truncado, com o Athletico se fechando para garantir a vitória e não dando oportunidades para o Avaí ameaçar a meta defendida por Bento. Já no final, Cuello teve mais uma chance, mas foi travado na hora do chute. 

Ficha técnica: Athletico Paranaense 2×1 Avaí 
Campeonato Brasileiro 2022: 7ª rodada
Data: 22/05/2022
Horário: 19h
Local: Estádio Joaquim Américo

Público pagante: 15.949
Público total: 16.872
Renda: R$ 280.155,00

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Quarto árbitro: Cristian Eduardo Gorski da Luz (PR)
Árbitro de vídeo : Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Athletico Paranaense: Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe, aos 32′ do 2º tempo), Nico Hernández e Abner; Christian (Erick, aos 25′ do 2º tempo), Hugo Moura (Pablo Siles, aos 41′ do 2º tempo) e David Terans (Matheus Fernandes, aos 41′ do 2º tempo); Canobbio, Pablo e Tomás Cuello
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Gols: David Terans, aos 24′ e aos 43′ do primeiro tempo
Cartão amarelo: Hugo Moura e Abner

Avaí: Douglas; Kevin, Rodrigo Freitas, Arthur Chaves e Cortez; Raniele (Marcinho, aos 19′ do 2º tempo), Bruno Silva e Eduardo (Galdezani, no intervalo); Dentinho (Vitinho, aos 38′ do 2º tempo), Pottker (Rômulo, aos 34′ do 2º tempo) e Morato (Copete, aos 19′ do 2º tempo)
Técnico: Eduardo Barroca
Gol: Pottker, aos 5′ do primeiro tempo
Cartões amarelos: Dentinho, Arthur Chaves, Bruno Silva, Copete e Galdezani 

Fotos: Fabio Wosniak/athletico.com.br 

CAP AVA
14
Finalizações
8
3
Finalizações no gol
3
6
Finalizações para fora
3
5
Finalizações bloqueadas
2
6
Chances reais
3
5
Escanteios
4
1
Impedimentos
0
42
Posse de bola
58
4-3-3
28
Tomás Cuello
92
Pablo
9
Canobbio
20
David Terans
17
Hugo Moura
88
Christian
16
Abner
2
Nicolás Hernández
34
Pedro Henrique
13
Khellven
1
Bento
  • Anderson
  • Dedé
  • Matheus Felipe
  • Pedrinho
  • Matheus Fernandes
  • Pablo Siles
  • Erick
  • Marlos
  • Vitor Bueno
  • Pedro Rocha
  • Rômulo
  • Vitor Roque
  • Técnico
  • Felipão

Arbitragem

Árbitro:

Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Auxiliares:

Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Quarto árbitro:

Cristian Eduardo Gorski da Luz (PR)

Público e Renda

Total:

16.872

Pagante:

15.949

Renda:

R$ 280.155,00