Resumo do jogo

Derrota no Maracanã

FLU 3
Brasileirão 2020
Rodada 24
1 CAP

O Athletico não fez uma boa partida no Maracanã e foi derrotado por 3 a 1 pelo Fluminense. O Rubro-Negrou saiu na frente, mas ficou com um jogador a menos ainda no primeiro tempo e não resistiu à pressão do time da casa.

Agora, o Furacão busca uma nova recuperação no Campeonato Brasileiro a partir do próximo sábado (12). O adversário será o Atlético Mineiro, em jogo marcado para as 17h, no Joaquim Américo.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

Neste sábado (5), o jogo começou movimentado, com ambos os times buscando o ataque. O Fluminense quase marcou aos 3’, com Michel Araújo. O Athletico deu a resposta aos 5’, com Richard.

E aos 9’, o Furacão abriu o placar em uma bela jogada pela esquerda. Abner tabelou com Carlos Eduardo e cruzou rasteiro na área. Léo Cittadini chutou de primeira e mandou para a rede!

O time da casa teve um pênalti a seu favor aos 12’, numa bola que bateu no braço de Thiago Heleno. Nenê bateu e Santos fez grande defesa, no cantinho!

Mas aos 25’, o Fluminense chegou ao empate. Santos fez mais uma ótima defesa em chute de Michel Araújo, mas Marcos Paulo pegou o rebote e tocou para Nenê marcar.

Aos 36’, veio o lance que acabou com o equilíbrio da partida. Thiago Heleno, que havia tomado o cartão amarelo no lance do pênalti, fez falta em Michel Araújo e foi expulso.

Com um jogador a menos, o Athletico conseguiu segurar o empate na primeira etapa. Mas na segunda etapa, não conseguiu chegar ao ataque, sofreu a pressão do adversário e não resistiu.

Os gols do Fluminense saíram aos 27’ e aos 29’. Por duas vezes, Marcos Paulo ficou com a bola após cobranças de escanteio e marcou batendo cruzado, fechando o placar em 3 a 1.

Ficha técnica: Fluminense 3×1 Athletico Paranaense
Campeonato Brasileiro 2020 – 24ª rodada
Data: 05/12/2020
Horário: 19h
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Quarto árbitro: Yuri Elino Ferreira da Cruz (RJ)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Fluminense: Marcos Felipe; Calegari, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Egídio; Hudson (André, aos 43’ do 2º tempo), Martinelli, Nenê (Luiz Henrique, aos 37’ do 2º tempo) e Michel Araujo (Paulo Henrique Ganso, aos 14’ do 2º tempo); Marcos Paulo (Miguel, aos 43’ do 2º tempo) e Wellington Silva (Felippe Cardoso, aos 14’ do 2º tempo)
Técnico: Odair Hellmann
Gols: Nenê, aos 25’ do primeiro tempo; Marcos Paulo, aos 27’ e aos 29’ do segundo tempo
Cartões amarelos: Matheus Ferraz, Hudson, Egídio, Felippe Cardoso

Athletico Paranaense: Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Wellington (Zé Ivaldo, aos 38’ do 1º tempo)’, Richard e Léo Cittadini; Nikão (Walter, aos 18’ do 2º tempo), Renato Kayzer (Fernando Canesin, aos 25’ do 2º tempo) e Carlos Eduardo (Jaime Alvarado, aos 25’ do 2º tempo)
Técnico: Paulo Autuori
Gol: Léo Cittadini, aos 9’ no primeiro tempo
Cartões amarelos: Thiago Heleno, Wellington, Richard
Cartão vermelho: Thiago Heleno, aos 36’ do 1º tempo

Fotos: José Tramontin/Site Oficial

FLU CAP
24
Finalizações
5
14
Finalizações no gol
2
7
Finalizações para fora
2
3
Finalizações bloqueadas
1
11
Chances reais
2
15
Escanteios
2
2
Impedimentos
0
96
Carlos Eduardo
79
Renato Kayzer
11
Nikão
18
Léo Cittadini
25
Richard
5
Wellington
16
Abner Vinicius
44
Thiago Heleno
34
Pedro Henrique
26
Erick
1
Santos
  • Jandrei
  • José Ivaldo
  • Lucas Halter
  • Jaime Alvarado
  • Lucho González
  • Jorginho
  • Ravanelli
  • Fernando Canesin
  • Fabinho
  • Geuvânio
  • Bissoli
  • Walter
  • Técnico
  • Paulo Autuori

Arbitragem

Árbitro:

Ramon Abatti Abel (SC)

Auxiliares:

Kleber Lucio Gil (SC)

Henrique Neu Ribeiro (SC)

Quarto árbitro:

Yuri Elino Ferreira da Cruz (RJ)

Público e Renda

Total:

Portões fechados

Pagante:

Portões fechados

Renda:

Portões fechados