Resumo do jogo

Derrota sofrida

CAP 0
Brasileirão 2020
Rodada 16
1 COR

O Athletico não merecia perder, mas acabou superado por 1 a 0 pelo Corinthians na noite desta quarta-feira (14). Em um jogo em que dominou totalmente as ações na segunda etapa, o Rubro-Negro sofreu o gol em contra-ataque, já nos acréscimos.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

Pouca coisa aconteceu no primeiro tempo. O Corinthians congestionou o meio de campo com uma linha de cinco jogadores e o Furacão teve dificuldades para criar as jogadas. Um chute de Geuvânio, uma cabeçada de Erick e um belo chute de Christian pararam nas mãos do goleiro Walter.

No segundo tempo, a característica do jogo mudou totalmente. O Athletico voltou do vestiário com Ravanelli no lugar de Léo Cittadini e encurralou o adversário desde o primeiro instante, com o goleiro corintiano se tornando o grande nome da partida. 

Geuvânio aos 2’, Ravanelli aos 7’, Geuvânio aos 10’, Renato Kayzer aos 15’… Foi uma avalanche athleticana bloqueada pelas defesas de Walter.

Aos 30’, as coisas ficaram ainda mais difíceis para o clube paulista. O VAR flagrou uma agressão de Bruno Méndez sobre Renato Kayzer e o árbitro não teve alternativa além de mostrar o cartão vermelho.

Com um a mais, o Athletico seguiu criando chances. Geuvânio aos 36’, Carlos Eduardo aos 44’, Erick aos 46’… 

Mas quando o cronômetro marcou 49’, veio o castigo. Em contra-ataque do Corinthians, Xavier tocou para Everaldo, que recebeu em velocidade e tocou na saída de Jandrei.

Uma derrota sofrida, que deixa o Athletico em uma posição ruim no campeonato. O próximo desafio está marcado para o próximo sábado (17), às 19h, contra o Atlético Goianiense, fora de casa. 

Ficha técnica: Athletico Paranaense 0x1 Corinthians
Campeonato Brasileiro 2020 – 16ª rodada
Data: 14/10/2020
Horário: 21h30
Local: Estádio Joaquim Américo

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)
Quarto árbitro: Leonardo Ferreira Lima (PR)
Árbitro de vídeo: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Athletico Paranaense: Jandrei; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner (João Victor, aos 42’ do 2º tempo); Wellington (Walter, aos 34’ do 2º tempo), Christian e Léo Cittadini (Ravanelli, no intervalo); Geuvânio (Carlos Eduardo, aos 42’ do 2º tempo), Renato Kayzer e Fabinho (Pedrinho, aos 20’ do 2º tempo)
Técnico: Eduardo Barros
Cartões amarelos: Erick, Abner, Renato Kayzer

Corinthians: Walter; Fagner, Gil, Bruno Méndez e Lucas Piton; Ramiro (Cazares, aos 21’ do 2º tempo), Xavier, Ederson (Camacho, aos 21’ do 2º tempo), Mateus Vital (Marllon, aos 34’ do 2º tempo) e Léo Natel (Everaldo, aos 15’ do 2º tempo); Jô (Bosseli, aos 15’ do 2º tempo)
Técnico: Vagner Mancini
Gol: Everaldo, aos 49’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Ramiro, Mateus Vital, Bruno Méndez, Walter
Cartão vermelho: Bruno Méndez

CAP COR
18
Finalizações
13
10
Finalizações no gol
6
4
Finalizações para fora
6
4
Finalizações bloqueadas
1
9
Chances reais
5
8
Escanteios
2
2
Impedimentos
1
4-3-3
7
Fabinho
79
Renato Kayzer
8
Geuvânio
18
Léo Cittadini
5
Wellington
88
Christian
16
Abner Vinicius
44
Thiago Heleno
34
Pedro Henrique
26
Erick
93
Jandrei
  • Bento
  • Lucas Halter
  • João Victor
  • Léo Gomes
  • Jaime Alvarado
  • Lucho González
  • Ravanelli
  • Walter
  • Bissoli
  • Pedrinho
  • Carlos Eduardo
  • Técnico
  • Eduardo Barros

Arbitragem

Árbitro:

Sávio Pereira Sampaio (DF)

Auxiliares:

Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)

José Reinaldo Nascimento Junior (DF)

Quarto árbitro:

Leonardo Ferreira Lima (PR)

Público e Renda

Total:

Portões fechados

Pagante:

Portões fechados

Renda:

Portões fechados