Resumo do jogo

Duelo de gigantes!

RAC 2
Copa Schneider San Juan
Amistoso
2 CAP

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

Protagonismo é o processo de protagonizar, de ser o protagonista, o figurante principal de uma apresentação. Essa palavra já faz parte do dia a dia do torcedor athleticano.

Entenda, vivemos um período de ouro onde deixamos a nossa marca por onde passamos. Na noite de hoje (15), o atual campeão da Copa do Brasil enfrentou o dono da taça nacional da Argentina na Copa Schneider San Juan. Só achou que seria um jogo sem emoção aqueles que ainda perdem tempo procurando por anos perdidos.

Mal o árbitro apitou o início de jogo e sofremos um gol. Não era o início ideal, mas sabíamos desde o começo qual era o poder do Racing. Mas se a intenção do lado de lá já era “lançar a brava”, nós mostramos que o nosso sangue também é quente e empatamos a partida poucos minutos depois.

Rubro-negro é quem tem raça.

Mas como em qualquer batalha de gigantes, tudo poderia acontecer. E o Racing novamente achou o caminho do gol, tomando a frente no placar. Foi então que o Athletico fez questão de deixar um presente para os torcedores em San Juan, com um golaço de falta assinado por Marquinhos Gabriel.

Um senhor gol. Estava tudo empatado novamente.

E assim ficou até o término do tempo normal da partida. Ficou combinado que em caso de empate, as partidas do Torneio de Verão teriam disputas de pênaltis. Mas o mais importante já estava feito. Por mais que eles tenham ganhado a disputa de pênaltis por 5 a 4, o Athletico mostrou mais uma vez para o Brasil e para a Argentina que lutará sempre para ser a principal figura de todos os campeonatos que disputará em 2020.

Afinal, esse ano será ainda maior! #VivaOFuracão

RAC CAP
9
Finalizações
9
5
Finalizações no gol
5
3
Finalizações para fora
4
1
Finalizações bloqueadas
0
1
Escanteios
7
3
Impedimentos
1
4-1-4-1
17
Bissoli
10
Marquinhos Gabriel
20
Matheus Rossetto
26
Erick
96
Carlos Eduardo
5
Wellington
6
Márcio Azevedo
33
Lucas Halter
27
José Ivaldo
2
Jonathan
1
Santos
  • Gabriel
  • Lucho González
  • Léo Pereira
  • Matheus Anjos
  • Nikão
  • Khellven
  • Léo Cittadini
  • Adriano
  • Vitinho
  • Thiago Heleno
  • Fernando Canesin
  • Breno Lopes
  • Técnico
  • Dorival Júnior

Arbitragem

Árbitro:

Fernando Rappalini

Auxiliares:

Diego Bonfá

Facundo Rodriguez

Quarto árbitro:

Sebastián Martínez

Público e Renda

Total:

Não divulgado

Pagante:

Não divulgado

Renda:

Não divulgado