CAP 0
1º T
0'
5 0 ACG
Copa do Brasil 2021
Oitavas de final - Ida
Resumo do jogo

Empate amargo no Caldeirão

CAP 2
Brasileirão 2021
Rodada 7
2 CHA

O Athletico dominou o jogo, teve as melhores oportunidades, conseguiu a virada, mas deixou dois pontos escaparem. Contra a Chapecoense, neste domingo (27), o Athletico teve tudo para conquistar mais uma vitória, mas cedeu o empate aos 48' do segundo tempo.

Agora, o Furacão soma 13 pontos no Brasileirão. Mesmo com um jogo a menos que a maioria dos adversários, segue na segunda posição.
O próximo adversário é o Fluminense, fora de casa. O jogo está marcado para a próxima quarta-feira (30), às 16h, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

O Jogo

O jogo

Desde o apito inicial ficou claro como seria a partida. No toque de bola, o Athletico buscava o ataque e quase marcou aos 2′, em um chute cruzado de Vitinho. A Chapecoense se fechava na defesa, esperando por um contra-ataque ou um erro do time rubro-negro.

A estratégia do adversário deu resultado aos 25′. Fernandinho chutou de longe, a bola desviou na defesa e subiu. A bola ia na mão de Santos, mas Ignácio se antecipou ao goleiro athleticano e tocou para a rede, colocando a Chape na frente.

O adversário se fechou ainda mais. O Furacão precisava de frieza e paciência para fazer a bola rodar, buscando espaços em meio à retranca. Aos 33′, Terans recebeu na entrada da área e, mesmo marcado, conseguiu girar e finalizar. João Paulo defendeu.

Na investida seguinte, aos 36′, o Rubro-Negro chegou ao empate. Um lançamento de Pedro Henrique encontrou Khellven desmarcado pela direita. Ele avançou, entrou na área, fintou um defensor e bateu forte. A bola desviou na zaga e foi para a rede!

Após o intervalo, o Athletico voltou ainda mais incisivo no ataque. Foram cinco oportunidades claras nos primeiros 15 minutos da segunda etapa. Nas cabeçadas de Matheus Babi, por duas vezes, e de Thiago Heleno, a bola raspou a trave. E no chute de David Terans, ela explodiu no travessão.

Até que aos 15′, a cobrança de escanteio de Terans, pela esquerda, encontrou o Thiago Heleno na primeira trave. Desta vez, a cabeçada do General só parou no fundo do gol!

A partir daí, o Athletico diminuiu o ritmo e passou a cadenciar mais o jogo. Em mais um cruzamento de Khellven, Babi novamente cabeceou com perigo.

Mas a Chape passou a pressionar nos minutos finais. Já nos acréscimos, Santos fez grande defesa em um chute de Ravanelli. E no último lance do jogo, aos 48′, em um cruzamento na área, Geuvânio bateu cruzado e conseguiu o empate, fechando o placar em 2 a 2.

Athletico Paranaense 2×2 Chapecoense
Campeonato Brasileiro 2021 – 7ª rodada
Data: 27/06/2021
Horário: 20h
Local: Estádio Joaquim Américo
Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS)
Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Andre da Silva Bitencourt (RS)
Quarto árbitro: João Paulo Romano Queiroz (PR)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Athletico Paranaense: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e José Ivaldo; Khellven, Christian (Erick, aos 28′ do 2º tempo), Léo Cittadini e Abner; David Terans (Jadson, aos 33′ do 2º tempo), Matheus Babi (Renato Kayzer, aos 38′ do 2º tempo) e Vitinho (Carlos Eduardo, aos 38′ do 2º tempo)
Técnico: Bruno Lazaroni
Gols: Khellven, aos 36′ do primeiro tempo; Thiago Heleno, aos 15′ do segundo tempo
Cartão amarelo: José Ivaldo

Chapecoense: João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Felipe Santana e Derlan; Ravaneli, Lima, Mancha (Felipe Silva, aos 24′ do 2º tempo) e Mike (Geuvânio, aos 29′ do 2º tempo); Fernandinho (Kaio Nunes, aos 29′ do 2º tempo) e Anselmo Ramón (Perotti, aos 24′ do 2º tempo)
Técnico: Jair Ventura
Gols: Ignácio, aos 25′ do primeiro tempo; Geuvânio, aos 48′ do segundo tempo
Cartão amarelo: Lima

Fotos: Gustavo Oliveira/athletico.com.br

CAP CHA
18
Finalizações
12
5
Finalizações no gol
5
3
Finalizações bloqueadas
2
10
Finalizações para fora
5
5
Chances reais
3
6
Escanteios
5
0
Impedimentos
2
3-4-3
28
Vitinho
21
Matheus Babi
80
David Terans
16
Abner
88
Christian
18
Léo Cittadini
13
Khellven
27
José Ivaldo
44
Thiago Heleno
34
Pedro Henrique
1
Santos
  • Anderson
  • Bento
  • Márcio Azevedo
  • Jadson
  • Jaime Alvarado
  • Jáderson
  • Erick
  • Luan Patrick
  • Vinicius Mingotti
  • Fernando Canesin
  • Renato Kayzer
  • Carlos Eduardo
  • Técnico
  • Bruno Lazaroni

Arbitragem

Árbitro:

Vinicius Gomes do Amaral (RS)

Auxiliares:

Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Andre da Silva Bitencourt (RS)

Quarto árbitro:

João Paulo Romano Queiroz (PR)

Público e Renda

Total:

Sem público.

Pagante:

Renda: