Resumo do jogo

Empate em jogo movimentado na Arena

CAP 2
Brasileirão 2022
Rodada 9
2 SAN

O Athletico Paranaense empatou com o Santos, na noite deste sábado (4), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro saiu atrás no placar, virou a partida, mas acabou sofrendo o empate na segunda etapa. O jogo terminou com o placar de 2 a 2, no Caldeirão.

O próximo compromisso da equipe de Luiz Felipe Scolari será na próxima quarta-feira (8), contra o Juventude, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

Numa noite fria em Curitiba, os mais de 20 mil torcedores presentes no Estádio Joaquim Américo esquentaram o clima no Caldeirão. Mas o time não estava se encontrando nos primeiros minutos.

O Santos tomou a frente das ações ofensivas e, com jogadas rápidas, chegava com perigo à área defendida pela defesa rubro-negra. E foi com uma jogada rápida pelo lado direito, aos onze minutos, que Matheus Leonardo subiu na segunda trave e abriu o placar de cabeça.

A torcida gritou mais alto e o Furacão se acertou em campo a partir dos trinta minutos de bola rolando. O poste tremeu aos 33’, quando, em uma jogada ensaiada de cobrança de escanteio, Terans tocou para Christian e o volante soltou a bomba de fora da área. O goleiro santista só ficou olhando a bola parar na sua trave direita!

Na sequência do lance, Cuello bateu de longe e quase encobriu João Paulo, que se recuperou e conseguiu mandar para escanteio.

Todos no Caldeirão sabiam que o gol estava próximo e ele saiu numa bonita jogada, aos 42’. Abner driblou no meio-campo e acionou Terans, que tabelou com Pablo e arriscou o chute. A bola desviou na defesa e sobrou com Pedro Rocha. Ele tocou para o meio da área e deixou Pablo na boa para empatar a partida!

Na segunda etapa, o Furacão melhorou na partida e seguiu pressionando o Santos. E a pressão surtiu efeito aos dez minutos, com a virada. David Terans cobrou falta com veneno, Léo Baptistão tentou cortar e mandou contra o próprio gol.

Mas o placar não ficou assim por muito tempo. Em novo cruzamento do lado direito, a bola desviou no meio do caminho e Matheus Leonardo marcou o gol de empate.

Dali por diante, as duas equipes tiveram oportunidades de marcar o gol para definir o jogo, sem sucesso.

O Furacão, com Léo Cittadini, numa grande chance de cabeça, e o Santos com Maicon, também numa cabeçada, após cobrança de escanteio.

Ficha técnica: Athletico Paranaense 2×2 Santos
Campeonato Brasileiro 2022: nona rodada
Data: 04/06/2022 [sábado]
Horário: 19h
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba (PR)
Árbitro: Braulio da Silva Machado
Assistentes: Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes
Árbitro de vídeo: Emerson de Almeida Ferreira

Athletico Paranaense: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Christian (Léo Cittadini, no intervalo) e David Terans (Erick, aos 21’ do 2ºT); Pedro Rocha, Tomás Cuello (Vitor Roque, aos 31’ do 2ºT) e Pablo.
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Gols: Pablo, aos 42’ do 1º tempo; Léo Baptistão (contra), aos 10’ do 2º tempo
Cartão amarelo: Nico Hernández, Christian, Pablo, Cuello, Hugo Moura, Felipão

Santos: João Paulo; Auro (Ricardo Goulart, aos 20’ do 2ºT), Maicon (Velázquez, aos 43’ do 2ºT), Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Camacho (Lucas Braga, aos 20’ do 2ºT), Sandry e Vinicius Zanocelo; Jhonjan Julio (Felipe Jonathan, aos 30’ do 2ºT), Léo Baptistão (Lucas Braga, aos 30’ do 2ºT) e Marcos Leonardo.
Técnico: Fabian Bustos
Cartão amarelo: Auro, Marcos Leonardo, Jhojan Julio
Gol: Marcos Leonardo, aos 11’ do 1º tempo e aos 18’ do 2º tempo;

Fotos: Gustavo Oliveira/athletico.com.br

CAP SAN
12
Finalizações
11
4
Finalizações no gol
2
6
Finalizações para fora
7
2
Finalizações bloqueadas
2
6
Chances reais
6
7
Escanteios
7
3
Impedimentos
0
42
Posse de bola
58
4-3-3
28
Tomás Cuello
92
Pablo
32
Pedro Rocha
20
David Terans
17
Hugo Moura
88
Christian
16
Abner
2
Nicolás Hernández
34
Pedro Henrique
13
Khellven
1
Bento
  • Anderson
  • Dedé
  • Matheus Felipe
  • Pedrinho
  • Matheus Fernandes
  • Léo Cittadini
  • Pablo Siles
  • Erick
  • Bryan García
  • Vitor Bueno
  • Rômulo
  • Vitor Roque
  • Técnico
  • Felipão

Arbitragem

Árbitro:

Braulio da Silva Machado

Auxiliares:

Alex dos Santos

Thiaggo Americano Labes

Quarto árbitro:

Lucas Paulo Torezin

Público e Renda

Total:

20.465

Pagante:

19.323

Renda:

633.970,00