Resumo do jogo

Engatamos a segunda!

CAP 2
Brasileirão 2021
Rodada 31
1 CSC

O Furacão voltou a soprar no Campeonato Brasileiro! O Athletico venceu o Ceará por 2 a 1, nesta quarta-feira (10), e engatou o segundo triunfo consecutivo. Renato Kayzer e Pedro Henrique marcaram os gols, em mais uma noite de homenagens para Sicupira.

Com o resultado, o Rubro-Negro ultrapassou o próprio Ceará e deixou para trás também o Cuiabá, chegando à nona posição, agora com 41 pontos.

No próximo sábado (13), tem mais um desafio pelo Brasileirão. Pela 32ª rodada, o adversário será o Internacional, em Porto Alegre.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

Foi uma partida em que o Athletico foi o protagonista desde o princípio. Kayzer, Abner e Erick foram os primeiros a ameaçar a meta defendida por João Ricardo. Terans também fez o goleiro adversário trabalhar, em um chute forte de fora da área.

O primeiro gol rubro-negro saiu aos 43′. Marcinho avançou pelo meio e, com um passe de categoria, acionou Renato Kayzer, que recebeu na área e bateu cruzado, na saída do goleiro. Bola na rede e Furacão na frente!

Na comemoração, o centroavante homenageou o Craque da 8, fazendo com os dedos a marca do famoso bigode.

Mas na volta do intervalo, o Rubro-Negro acabou sofrendo o gol em uma das poucas oportunidades do Ceará na partida. Mendoza chutou para o gol, Santos defendeu e Rick marcou no rebote.

O Athletico não diminuiu o ritmo. E aos 22′, chegou à vitória em um lance de bola parada. Nikão bateu escanteio pela esquerda e Pedro Henrique subiu em meio à defesa adversária para tocar de cabeça e marcar seu segundo gol com a camisa rubro-negra.

O Ceará não teve mais forças para reagir. Ainda depois que Fernando Sobral atingiu Fernando Canesin com um pisão no tornozelo. O árbitro anotou a falta e, após consulta ao VAR, mostrou o cartão vermelho.

O triunfo athleticano estava garantido!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 2×1 Ceará
Campeonato Brasileiro 2021: 31ª rodada
Data: 10/11/2021 [quarta-feira]
Horário: 18h30
Local: Estádio Joaquim Américo

Público pagante: 9.943
Público total: 10.792
Renda: R$ 161.685,00

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Quarto árbitro: Robson Babinski (PR)
Árbitro de vídeo: Leone Carvalho Rocha (GO)

Athletico Paranaense: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nico Hernández (José Ivaldo, aos 46′ do 2º tempo); Marcinho, Erick (Fernando Canesin, no intervalo) (Márcio Azevedo, aos 43′ do 2º tempo), Christian e Abner (Pedrinho, aos 18′ do 2º tempo); Nikão, Renato Kayzer e David Terans (Pedro Rocha, aos 18′ do 2º tempo)
Técnico: Alberto Valentim
Gols: Renato Kayzer, aos 43′ do primeiro tempo; Pedro Henrique, aos 22′ do segundo tempo
Cartões amarelos: Christian, Abner, Renato Kayzer e Santos

Ceará: João Ricardo; Gabriel Dias, Gabriel Lacerda, Klaus, Bruno Pacheco (Yony González, aos 45′ do 2º tempo); Fernando Sobral, Fabinho (Oliveira, aos 35′ do 2º tempo), Vina; Mendoza (Lima, aos 35′ do 2º tempo), Rick (Erick, aos 27′ do 2º tempo) e Marlon (Cléber, aos 27′ do 2º tempo)
Técnico: Tiago Nunes
Gol: Rick, aos 6′ do segundo tempo
Cartões amarelos: João Ricardo e Vina
Cartão vermelho: Fernando Sobral, aos 39′ do segundo tempo

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

CAP CSC
12
Finalizações
12
4
Finalizações no gol
4
7
Finalizações para fora
3
1
Finalizações bloqueadas
5
7
Chances reais
3
6
Escanteios
3
0
Impedimentos
2
3-4-3
80
David Terans
79
Renato Kayzer
11
Nikão
16
Abner
88
Christian
26
Erick
5
Marcinho
2
Nicolás Hernández
44
Thiago Heleno
34
Pedro Henrique
1
Santos
  • Bento
  • José Ivaldo
  • Lucas Fasson
  • Khellven
  • Márcio Azevedo
  • Pedrinho
  • Juninho
  • Jader
  • Fernando Canesin
  • Bissoli
  • Pedro Rocha
  • Carlos Eduardo
  • Técnico
  • Alberto Valentim

Arbitragem

Árbitro:

Wilton Pereira Sampaio (GO)

Auxiliares:

Fabricio Vilarinho da Silva (GO)

Bruno Raphael Pires (GO)

Quarto árbitro:

Robson Babinski (PR)

Público e Renda

Total:

9.943

Pagante:

10.792

Renda:

R$ 161.685,00