Resumo do jogo

Noite de virada!

CAP 3
Brasileirão 2024
Rodada 8
1 CRI

Uma noite para reencontrar a vitória e subir na tabela do Brasileirão! O Athletico virou o jogo para cima do Criciúma, nesta quinta-feira (13), fez 3 a 1 no placar da Ligga Arena e agora é o quarto colocado no campeonato. A luta rubro-negra é no topo da classificação!

Após um susto no começo, o Furacão mostrou seu poder de reação. Mastriani empatou no primeiro tempo e virou no começo do segundo. E depois de um time criar diversas chances, Tomás Cuello fez a torcida explodir com o terceiro gol.

Após oito rodadas, o Athletico soma 16 pontos. São cinco vitórias, um empate e duas derrotas, com 12 gols marcados e cinco sofridos.

O próximo compromisso é uma disputa direta pela liderança. No domingo (16), o Furacão enfrenta o Flamengo, novamente na Ligga Arena.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

Após uma sequência de maus resultados, uma vitória era fundamentam nesta noite. E desde o início, o time athleticano lutou por ela com todas as forças. Thiago Heleno, Nikão e Erick tiveram a oportunidade de finalizar nos primeiros minutos.

Mas o caminho até o triunfo seria com dificuldade extra. Aos 7′, em uma bola lançada para o ataque, Eder dividiu com Thiago Heleno e a bola sobrou para Barreto, que acertou a trave. Ele mesmo pegou o rebote e colocou o Criciúma na frente.

O gol sofrido deixou o time nervoso. Nikão até tentou com um chute forte ao pegar a sobra de uma falta batida por Zapelli. Mas o adversário encontrava espaços no contra-ataque e levava perigo à meta rubro-negra.

Até que, aos 22′, Fernandinho assinou Christian, que foi derrubado próximo à área. A bola ficou com Zapelli, que foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Mastriani. Bola na rede e placar igualado!

No intervalo, Cuca fez duas alterações na equipe, com as entradas de Madson e Cuello. E com mais alguns ajustes táticos, o Athletico foi soberano na etapa final.

O gol da virada veio aos 9′. Christian cruzou da esquerda, Madson tocou de cabeça para o meio e encontrou novamente o artilheiro da noite. Na pequena área, Mastriani estava bem posicionado para testar novamente e colocar o Furacão em vantagem!

Na frente no placar, o Rubro-Negro continuou pressionando. Mastriani quase marcou mais um, mas acertou o travessão. E Cuello, incansável na luta pelo gol, também fez a bola explodir na barra com um pancada de fora da área.

Mas a luta de Tomás Cuello desta vez não passaria em branco. Aos 33′, Fernandinho dividiu com a defesa e a bola ficou com o argentino, que saiu na cara do goleiro e bateu com categoria! Festa no Caldeirão e vitória assegurada!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 3×1 Criciúma
Campeonato Brasileiro 2024: 8ª rodada
Data: 13/06/2024 (quinta-feira)
Horário: 20h
Local: Ligga Arena

Público total: 23.424
Público pagante: 22.515
Renda: R$ 610.080,00

Árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Quarto árbitro: Leo Simão Holanda (CE)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Athletico Paranaense: Léo Linck; Léo Godoy (Madson, no intervalo), Kaique Rocha, Thiago Heleno e Esquivel; Erick e Fernandinho; Nikão (Kayke, aos 41′ do 2º tempo), Zapelli (Cuello, no intervalo) e Christian (Felipinho, aos 38′ do 2º tempo); Mastriani (Pablo, aos 41′ do 2º tempo)
Técnico: Cuca
Gols: Mastriani, aos 22′ do primeiro tempo; Mastriani, aos 9′, e Cuello, aos 33′ do segundo tempo

Criciúma: Gustavo; Jonathan, Maia, Tobias Figueiredo e Marcelo Hermes; Barreto, Ronald (Barcia, aos 40′ do 2º tempo), Meritão (Claudinho, aos 26′ do 2º tempo) e Matheusinho (Marquinhos Gabriel, aos 35′ do 2º tempo); Bolasie (João Carlos, aos 40′ do 2º tempo) e Eder (Arthur Caíke, aos 26′ do 2º tempo)
Técnico: Cláudio Tencati
Gol: Barreto, aos 7′ do primeiro tempo
Cartão amarelo: Eder

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

CAP CRI
22
Finalizações totais
12
7
Finalizações no gol
4
8
Chances reais
2
5
Escanteios
3
2
Impedimentos
3
497
Passes
361
83
Precisão de passes
79
58
Posse de bola
42
4-2-3-1
9
Mastriani
88
Christian
10
Bruno Zapelli
11
Nikão
26
Erick
5
Fernandinho
37
Lucas Esquivel
44
Thiago Heleno
4
Kaique Rocha
29
Leo Godoy
24
Leo Linck
  • Mycael
  • Mateo Gamarra
  • Fernando
  • Madson
  • Gabriel
  • Felipinho
  • Zé Vitor
  • Alex Santana
  • Julimar
  • Kayke
  • Cuello
  • Pablo
  • Técnico
  • Cuca

Arbitragem

Árbitro:

Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)

Auxiliares:

Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

Jorge Eduardo Bernardi (RS)

Quarto árbitro:

Leo Simão Holanda (CE)

Público e Renda

Total:

23.424

Pagante:

22.515

Renda:

R$ 610.080,00

Skip to content