Resumo do jogo

Seguimos subindo!

CAP 1
Brasileirão 2019
Rodada 33
0 BOT

O Athletico somou mais três pontos no Brasileirão e chegou a quinta posição na tabela! Na noite deste domingo (17), no Caldeirão, o Rubro-Negro venceu o Botafogo por 1 a 0, em um jogo em que merecia um placar mais amplo.

O gol do Furacão foi marcado por Thonny Anderson, após assistência de Rony. O Athletico ainda marcou mais um, com Thiago Heleno, anulado pelo árbitro após consulta ao VAR.

O Rubro-Negro soma agora 53 pontos e aparece na quinta posição. O próximo compromisso acontece às 16h do próximo domingo (24), contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte.

Veja os melhores momentos do jogo

O Jogo

O Athletico teve a primeira chance de gol logo aos 2’. Nikão recebeu na entrada da área e soltou a bomba de pé esquerdo. O goleiro Diego Cavalieri voou e conseguiu espalmar!

Aos 18’, quem quase marcou foi Khellven, em cobrança de falta. Ele bateu colocado, no canto direito, mas o goleiro fez mais uma boa defesa.

O primeiro gol rubro-negro poderia ter saído aos 23’. Após cobrança de escanteio, a bola desviou no braço do atacante botafoguense Igor Cássio, dentro da área. Com a ajuda do VAR, o árbitro anotou pênalti, mas Marcelo bateu para fora!

Nikão voltou a levar perigo com um chute de fora da área, aos 31’. A bola desviou na zaga adversária e passou perto!

Aos 35’, quem quase marcou foi Thiago Heleno. Depois de cobrança de escanteio, a bola sobrou para o General, que acertou um belo chute de perna direita, mas a bola foi no meio do gol e o goleiro defendeu.

Só dava Athletico e, aos 36’, Khellven foi lançado na área e tocou pra trás. Marcelo tentou finalizar, mas foi travado na hora do chute!

Segundo tempo

O Furacão voltou ainda mais agressivo após o intervalo. E logo aos 5’, teve uma chance incrível, com Nikão. Rony recebeu na área, passou pela zaga e deixou o camisa 11 na cara do gol, mas a finalização saiu por cima!

Dois minutos depois, quem quase balançou a rede foi Camacho. Da entrada da área, ele bateu de esquerda e a bola passou raspando o travessão!

O Rubro-Negro já merecia o gol e ele finalmente saiu aos 13’. Camacho roubou a bola e tocou para Rony. O camisa 7 invadiu a área e tocou para Thonny Anderson, que bateu rasteiro, no cantinho: 1 a 0 Furacão!

Na jogada seguinte, quase o segundo! Marcelo tabelou com o Thonny Anderson e acertou a rede pelo lado de fora!

O Athletico era só pressão. Aos 22’, em cobrança de escanteio, Khellven cruzou na medida para Thiago Heleno, que mandou de cabeça para rede. Mas após revisão pelo VAR, o árbitro anotou impedimento.

Nikão estava em noite inspirada e, aos 34’, acertou um lindo passe de letra para Wellington, dentro da área. O volante bateu firme e Diego Cavalieri espalmou!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 1×0 Botafogo
Campeonato Brasileiro: 33ª rodada
Data: 17/11/2019 [domingo]
Horário: 18h
Local: Estádio Joaquim Américo

Athletico Paranaense: Léo; Khellven, Robson Bambu, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington; Nikão, Camacho, Thonny Anderson (Erick, aos 44’ do 2º tempo) e Rony (Marco Ruben, aos 29’ do 2º tempo); Marcelo (Vitinho, aos 40’ do 2º tempo)
Técnico: Eduardo Barros
Gol: Thonny Anderson, aos 13’ do segundo tempo
Cartões amarelos: Thonny Anderson, Thiago Heleno, Robson Bambu, Márcio Azevedo

Botafogo: Diego Cavalieri; Fernando, Joel Carli, Gabriel e Lucas Barros; Cícero, Alex Santana (Rhuan, aos 17’ do 2º tempo), João Paulo, Luiz Fernando (Marcos Vinícius, aos 29’ do 2º tempo) e Leonardo Valência; Igor Cássio (Diego Souza, aos 12’ do 2º tempo)
Técnico: Alberto Valentin
Cartões amarelos: Joel Carli

CAP BOT
19
Finalizações
5
6
Finalizações no gol
3
9
Finalizações para fora
2
4
Finalizações bloqueadas
0
9
Escanteios
6
2
Impedimentos
1
4-1-4-1
10
Marcelo Cirino
7
Rony
38
Thonny Anderson
15
Camacho
11
Nikão
5
Wellington
6
Márcio Azevedo
44
Thiago Heleno
14
Robson Bambu
13
Khellven
22
Léo
  • Caio
  • Lucho González
  • Tomás Andrade
  • Marco Ruben
  • Abner Vinicius
  • Braian Romero
  • Madson
  • Erick
  • Vitinho
  • Pedrinho
  • Pedro Henrique
  • Bruno Nazário
  • Técnico
  • Eduardo Barros

Arbitragem

Árbitro:

Braulio da Silva Machado (FIFA - SC)

Auxiliares:

Henrique Neu Ribeiro (SC)

Thiaggo Americano Labes (SC)

Quarto árbitro:

Leonardo Sígari Zanon (PR)

Público e Renda

Total:

18.091

Pagante:

17.027

Renda:

R$ 456.905,00