Time

Conversa com o presidente, noites sem dormir e foco: Walter conta os bastidores do retorno

Créditos: Lucas Gandhy/Site Oficial

O Furacão é guiado pelos seus quatro ventos: ambição, entusiasmo, rebeldia e inovação. E o Athletico nunca deixou de lado o respeito e a crença pelo ser humano. O resgate de atletas com potencial, que buscam uma nova chance em uma estrutura sólida, também virou marca do Rubro-Negro. Nas últimas décadas, foram diversos casos de recuperações físicas, médicas ou mentais.

Agora, o Clube abre as portas para um velho conhecido da torcida athleticana. Sobrevivente desde a infância, na periferia do Recife (PE), Walter é novamente do Furacão. Entre 2015 e 2016, o atacante vestiu a camisa rubro-negra e não decepcionou. A luta contra a balança ficou de lado e o jogador deixou sua marca.

Em 2015, foi o artilheiro do Athletico na temporada, com 11 gols marcados. No ano seguinte, foi fundamental na conquista do Campeonato Paranaense e balançou as redes no Athletiba que garantiu o título, em pleno Couto Pereira.

O atacante, que cumpre suspensão por doping, está há mais de um ano sem atuar profissionalmente. No Furacão, assinou contrato de três meses, que começa a valer nesta quarta-feira (13). 

Motivado para se recuperar e sabendo que contará com todo o apoio do Clube neste momento de recomeço da carreira, o jogador de 30 anos de idade revelou a emoção pelo retorno. Alegria que deixou Walter quatro noites sem dormir.

“Eu agradeço a Deus e ao presidente Petraglia, por poder viver tudo isso novamente. Tive uma conversa muito sincera com ele e depois fiquei quatro dias sem dormir, não acreditava que ele estava me dando essa chance”, disse. “Foi uma emoção muito grande e a ficha começou a cair agora. Estou com muita gana de dar a volta por cima, vestir essa camisa e ser campeão de novo aqui. Está sendo muito especial”, completou.

No Rubro-Negro, Walter disputou 73 jogos e fez 16 gols. Depois, atuou por Goiás, Atlético Goianiense, Paysandu e CSA.

“É um recomeço para mim. Como se fosse na primeira vez, que saí do Coque sem nada, em busca de dar algo para a minha mãe. É a mesma coisa, tenho algo a buscar. Estou muito feliz e focado, pensando apenas em chegar e trabalhar. Alegria de saber que todo mundo quer me ajudar”, destacou.

Precisando recuperar o ritmo de jogo, a rotina dos treinamentos e baixar o peso, o jogador demonstrou otimismo. “Eu já estava treinando em casa e agora o foco aumentou. O Paulo André me ligou, disse que toda a equipe do Athletico está comigo e só depende de mim. Por isso que eu falo que é uma chance muito grande e agradeço demais pelo fato de o Clube ter aberto as portas nesse momento difícil”, apontou.

A relação de carinho do torcedor com o atacante sempre foi recíproca. Agora, Walter espera seguir conquistando a confiança de todos. “Só tenho que agradecer também o carinho que essa torcida tem por mim e está demonstrando nesses últimos dias. Terão sempre meu respeito”, concluiu.

Comentários

MARCELO DE SOUZA
7 meses

Excluir
Walter, estamos muito Felizes com seu retorno ao Furacão, agora é contigo meu Querido... Bora Lá, nós acreditamos !!

JOSE RICARDO LUIZ TAVARES
7 meses

Excluir
Seja bem vindo Walter, só depende de vc, se levar a sério, voltará ser grande, potencial tem, aproveite, essa será sua última chance na carreira, abcs.

ANTONIO CEZAR PRESTES DE SOUZA
7 meses

Excluir
Desejamos toda sorte do mundo para vc Sr Walter SUCESSO com muitos gols .dá-lhe Furacão .

CLEBER TADEU MONTEIRO MENDES
7 meses

Excluir
Seja bem vindo camarada, Foco, Força e Fé e também muita sabedoria!