Time

Alô, oitavas!

Créditos: Cahuê Miranda/Site Oficial

Mais uma etapa superada!

O Athletico saiu atrás do Tupi, nesta segunda-feira (13), pela terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Mas dessa vez, sequer precisou dos pênaltis. Virou com Mingotti e Jajá no tempo normal, garantindo um lugar nas oitavas de final!

O adversário do Furacão na próxima fase será Taboão da Serra, que venceu o CRB por 1 a 0 nesta segunda-feira (13). O duelo ainda não tem data e horário definidos. 

Substituições decidem a partida

Um início de jogo nervoso deu lugar, aos poucos, à superioridade athleticana. E o panorama ficou claro: enquanto o Rubro-Negro tomava a iniciativa, o time mineiro esperava uma brecha na defesa do Furacão.

O primeiro bom chute do Athletico veio aos 19’, com Paulo Victor. Três minutos depois, ele tentou de novo, e por pouco não inaugurou o marcador em Itu (SP).

Aos 33’, veio a resposta do Tupi, em um contra-ataque. Léo Link, que brilhou contra o Bahia, apareceu bem para fazer a defesa.

Mas quatro minutos depois, ele não conseguiu evitar a bola na rede. O chute de Nenem foi certeiro, no canto direito.

Com 45 minutos para buscar a classificação, o Athletico saiu ainda mais ao ataque. Logo no intervalo, Guanaes colocou Pablo, Ramon e Vinicius Mingotti na partida.

Outra mudança foi na arbitragem. Logo nos primeiros minutos da etapa final, o árbitro João Batista Avelino se lesionou. Gabriel Castro comandou o restante do jogo.

E a alteração de Guanaes deu resultado aos 16’. Mingotti recebeu passe em profundidade, invadiu a área e bateu cruzado para deixar tudo igual. 1 a 1! 

O Furacão cresceu. O Tupi se encolheu. A virada era questão de tempo e saiu aos 29’.

Em uma linda tabela no ataque, Mingotti ajeitou de letra, Jajá avançou cara a cara com o goleiro e fez o gol da classificação! 2 a 1!

O Tupi ainda tentou, mas parou aos 49’ em uma grande defesa de Léo Linck!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 2×1 Tupi (MG)
Copa São Paulo de Futebol Júnior: Terceira fase
Data: 13/01/2020 [segunda-feira]
Horário: 17h30
Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)

Árbitro: João Batista Avelino
Assistentes: Leandro Matos Feitosa e Fabrini Bevilaqua Costa
4° árbitro: Gabriel Castro Dourado

Athletico Paranaense: Léo Linck; Luan Patrick, Lucas Andrade (Vinicius Mingotti, no intervalo) e Gabriel Fornari (Kennedy, aos 40’ do 2º tempo); Kawan (Leonardo Ataíde, aos 13’ do 2º tempo), Brener Iago e Reginaldo (Pablo, no intervalo); Bruno Leite (Ramon, no intervalo), Jajá e Paulo Victor (Rômulo, aos 40’ do 2º tempo).
Técnico: Rafael Guanaes
Gols: Vinicius Mingotti, aos 16’ do 2º tempo; Jajá, aos 29’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Bruno Leite, aos 45’ do 1º tempo; Kawan, aos 11’ do 2º tempo; Iago, aos 50’ do 2º tempo

Tupi: Davyd; Felipe, Pará (Luiz Fernando, aos 30’ do 2º tempo), João Gustavo e Jordan Kaique; João; Rê, Max, Rodrigo Felga (Pedro, aos 30’ do 2º tempo) e Nenem (Yago, aos 19’ do 2º tempo); Patrick.
Técnico: Wesley Assis
Gol: Nenem, aos 37’ do 1º tempo
Cartões amarelos: –

Comentários

Marco Aurélio Borelli
7 dias

Excluir
Mais um passo. Mas infelizmente vejo um time muito nervoso em campo. Errando passes em demasia, sei que são jovens, mas, no centro de treinamento do caju, deveriam prestar mais atenção aos passes errados. Mas estão de parabéns.