Time

O ano mágico do “bruxo”

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

Se o ano de 2019 foi o principal da história do Athletico, foi também a temporada de consolidação do volante Bruno Guimarães. Um ano mágico para o “bruxo” rubro-negro, que tira da cartola [ou do chapéu] dribles e passes espetaculares.

O jogador chegou ao Clube em 2017 e passou por um período de adaptação até se destacar em 2018. O crescimento do camisa 39 seguiu em 2019 e, mais uma vez, ele foi um dos principais atletas do elenco.

A prova disso, caso precise de alguma, está nos números. Bruno Guimarães entrou em campo 46 vezes, participou dos títulos da Levain Cup e da Copa do Brasil, e ainda foi importante na parte ofensiva. O volante marcou cinco gols, deu cinco assistências e terminou o ano na seleção dos craques do Brasileirão, prêmio entregue na última segunda-feira (9), no Rio de Janeiro (RJ).

Com quatro títulos em pouco mais de dois anos no Clube, ele ainda não se considera um ídolo do Furacão. Mas sabe que já marcou o nome na história athleticana.

“Não sei se usaria a palavra ídolo. Mas acho que estou ajudando da melhor maneira possível esse clube gigante. Com os títulos que conquistamos nos últimos dois anos, esse elenco todo ficará marcado”, disse.

A opinião do torcedor rubro-negro é um pouco diferente desta do volante. A cada aparição em público, Bruno Guimarães é um dos jogadores mais assediados do elenco. Seja no embarque e desembarque da equipe, na saída dos treinos ou dos jogos.

E o torcedor que tenta uma foto ou um autógrafo do BG é atendido com toda a atenção possível. Carinho recíproco, que faz sim do jogador um ídolo do Athletico. A admiração é tanta que torcedores que encontram o volante em restaurantes oferecem até o pagamento da conta, para tentar retribuir um pouco do que o jogador faz em campo por todos os rubro-negros.

“Esse carinho do torcedor é muito bacana e só aumenta. Onde eu vou, sou bem recebido. Tento atender todo mundo com carinho, porque sei da importância dessa relação de torcedor e jogador. Algumas vezes, já quiseram até pagar minha conta em restaurantes e tem sido muito legal isso tudo”, afirmou.

Títulos e futuro

O Clube conquistou dois títulos em 2018 e três em 2019. Bruno Guimarães esteve presente em quatro destas conquistas.

“Pela confiança que 2018 nos deu, esperávamos sim um grande ano. É difícil imaginar tudo que podia acontecer, mas sonhávamos e projetávamos coisas grandes. As coisas saíram do pensamento e se tornaram realidade mais uma vez”, destacou.

Titular absoluto nesta temporada, o volante entrou em campo na partida diante do Santos e pôde participar da festa feita ao elenco, colaboradores e torcedores. Ao final do duelo, foi um dos jogadores que pegou o microfone para agradecer pessoalmente a grande temporada realizada pelo Furacão.

“Foi um ano de realização para todos. Individualmente falando, tive um amadurecimento nestes anos e hoje sou outro jogador. Naquele último jogo, não estava nas minhas melhores condições físicas. Mas vendo a Arena lotada daquele jeito, aquela atmosfera, queria participar de alguma forma. Fico feliz pelo nosso ano e pelos títulos inéditos”, apontou.

Com contrato até 2023 com o Furacão, Bruno é alvo de gigantes europeus. Por enquanto, ele curte as férias no Rio de Janeiro (RJ) e foca na sequência do trabalho no Furacão.

Eu estou feliz com esse momento e sou jogador do Athletico. Aqui, disputo as principais competições no país e no continente. Em 2020, temos que continuar demonstrando essa nossa força, entrando em todas as competições com o objetivo de ser campeão”, concluiu Guimarães.

Fotos: Miguel Locatelli/Site Oficial

Comentários

Daniel Palhano
4 meses

Excluir
Jogador acima da média. Craque! O Atlético de Madrid tá vacilando em não levar logo o BG, um clube que pra mim, não seria o ideal pro BG (acredito que na Inglaterra, no Barça ou no Real Madrid, o BG teria seu futebol mais valorizado, mas isso é um ponto de vista). Por outro lado, aqui no Athletico, precisamos resolver logo a situação do clube pra 2020. Por enquanto, é só jogador saindo (foram bem, muito obrigado, vida que segue), e nada de jogador BOM/CRAQUE/FINO DA BOLA/HOMEM GOL chegando! Vamos baixar a guarda, agora? 2020 é o ano pra conquistar a Libertadores! O Athletico Paranaense precisa mostrar logo a cara e que terá pra nação athleticana apreciar e conviver no Furacão em 2020. Outros times aí estão "botando pra torar" e o Athletico a passos lentos! Desde. Final da Copa do Brasil (após o título), o Athletico já deveria ter um planejamento pro ano que vem sendo apresentado agora, no começo de Dezembro! Falta uma tomada de decisão mais bruta nessa direção! A Libertadores de 2019 (tão sonhada pelo Athletico) ficou pro time lá do Rio (o time que deve pra meio mundo de famílias que tiveram seus filhos incinerados vivos). Eles agiram rápido nas contratações e foram ousados. O Athletico está muito tímido! A nação athleticana espera respostas urgentes!